Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Category Archives: Tecnologia

A tecnologia na Moda, ou de Jacquard aos Nano-Tubos, uma viagem pela “Tecnomoda”.

Atender uma ligação na jaqueta. Checar e-mails nos óculos escuros. Controlar os níveis de colesterol e glicose pela cor da camisa. Ficção científica? Não. Ciência atual mesmo. Estes são apenas alguns poucos exemplos da aliança entre a moda e a tecnologia.

Esta parceria é muito antiga. Alguns dos primeiros artefatos produzidos pelo Homem serviam à moda, ou pelo menos ao seu embrião, na forma de confecção de roupas funcionais que protegessem nossos antepassados das intempéries.

A própria computação moderna tem suas origens nos avanços tecnológicos desenvolvidos para a indústria têxtil. O tear mecânico automático de Jacquard com seu sistema de cartões perfurados foi o primeiro passo para as primeiras máquinas de calcular, ainda mecânicas, das quais evoluíram as idéias das máquinas universais de cálculo, as bisavós do seu notebook.

Hoje, com a miniaturização, ou melhor, com a “nanificação” promovida pela nanotecnologia e sua escala quase atômica, promove-se um novo estreitamento entre moda e tecnologia, uma simbiose que nunca deixou de existir, mas que se aprofunda.

A moda sempre promoveu o desenvolvimento da tecnologia, instigando os cientistas a ultrapassar limites. Agora, a tecnologia promove a volta da roupa funcional – não mais casacos de pele que protegem do frio, mas roupas que levam embutidas nossas novas necessidades: comunicação, saúde, entretenimento, informação e educação.

Assim, a jaqueta que tem embutido um sistema de telefonia celular conecta seu usuário de forma mais orgânica e livre – e com estilo. É o que chamamos de wearable computing, algo como “computação de vestir”. Mas ela não se limita a roupas. Óculos com projetores holográficos tridimensionais permitem que durante uma caminhada (ou aquela reunião chata) você posa checar seus e-mails ou navegar pela web com simples movimentos da cabeça ou comandos vocais.

Para aqueles que precisam de atenção especial por uma doença, diabetes, por exemplo, podem utilizar uma camiseta que indica pela mudança da cor do tecido ou de uma estampa o nível de glicose no organismo, medido pelas microgotículas de suor. Se o evento pede algo mais clássico, a mulher pode utilizar um colar com uma pedra que tenha a mesma função. Tudo bem chique e discreto.

Na linha de entretenimento, há duas semanas comprei uma camiseta com uma estampa de um equalizador de som. Ao “ligarmos” a camiseta, os sons do ambiente são captados e representados no equalizador por luzes coloridas. Inútil, mas muito divertido!

Todos esses exemplos já existem hoje, e já há algum tempo. Quase todos comercialmente. As pesquisas sendo feitas nesse momento envolvem conceitos mais avançados, como a utilização de nano-tubos de carbono para a criação de micro tecidos ultra-resistentes (olha o exército contribuindo – mais uma vez – com a moda!), ou a utilização de materiais com memória, que não deformam (esses estão quase no mercado já), ou ainda tecidos com “nano-motores” que auto-ajustam a roupa moldando-se ao corpo de nadadores para diminuir a turbulência por atrito e assim melhorar seu desempenho em competições. O céu não é o limite. É apenas o começo.

Beijo-me-liga, te atendo na minha jaqueta…

P.S.: Já estão no forno mais duas discussões: A Moda na Tecnologia (sim, os geeks também têm estilo!) e A Moda de Tecnologia.

Texto por Marcos R. Geromini

*Marcos R. Geromini é formado em Ciência da Computação pela Universidade de São Paulo, onde desenvolveu projetos aliando Design, Interação Usuário-Computador e Inteligência Artificial. Atualmente trabalha com Sistemas de Missão Crítica, Criptografia e Arquitetura de Sistemas em uma empresa do setor financeiro. Inspirou-se nos sambas-enredo do Carnaval para a criação do título do artigo.

ABIT apresenta curso para projetos de inovação tecnológica

A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT) e o Sindicato da Indústria Têxtil do Estado de São Paulo (Sinditêxtil-SP) receberão em sua sede, no dia 26 de maio, o curso Projetos de Inovação Tecnológica (PIT), realizado pela Agência Brasileira para o Desenvolvimento Industrial (ABDI) e organizado e produzido pela Pró Inovação Tecnológica na Indústria (Protec). O PIT é uma iniciativa da Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP) do governo federal.

O objetivo do curso é apresentar estratégias, métodos e ferramentas para o desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica de acordo com os critérios de análise e seleção das instituições ofertantes de recursos. O evento visa atingir a empresários, engenheiros, coordenadores de projetos de desenvolvimento tecnológico e profissionais em atividades técnicas e gerenciais. O instrutor da palestra será o Engº Mestre Joel Weisz, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e diretor da Consultoria de Empreendimentos (Cognética).

Serão tratados temas como conceitos, estratégias e formulação de projetos (Tecnologia e Inovação e Processos de Inovação), projetos de inovação tecnológica (O que é, planejamento e formulação, objetivo e justificativa, escopo e metodologia, cronograma e orçamento, fontes de recursos para projetos), desenvolvimento de projeto e avaliação de projeto.

O evento recebe o apoio da ABIT, Sinditêxtil-SP, Rede de Entidade Tecnológica Setorial (RETS) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

Serviço:

Curso Projetos de Inovação Tecnológica

Local: Auditório ABIT/ Sinditêxtil-SP – Rua Marquês de Itu, 968 – Higienópolis – São Paulo
Data: Dia 26 de maio de 2009 Horário: das 13h às 19h

Fonte: ABIT

ByMK: desperte o editor de moda que existe em você!

Desde setembro de 2008 está no ar o site www.bymk.com.br, uma rede social de moda e estilo. Marcela Kaufmann, a idealizadora do projeto, conta que sempre gostou de moda, fez diversas pesquisas e descobriu que no Brasil não havia nada similar. A página é gratuita e possibilita a “construção” de vários looksatravés de um banco de dados que contém 55 mil imagens de roupas e acessórios, que são retirados da rede e estão disponíveis com o objetivo de aproximar pessoas interessadas em tendências e troca de informações. O mais interessante é o fato de todos os itens terem o link de origem, assim se o usuário deseja adquiri-lo, saberá onde encontrá-lo.

Atualmente (poucos meses depois de sua estréia), já são mais de 5 mil usuários e mais de 30 mil lookscriados e publicados diariamente que estão sendo compartilhados e comentados entre os participantes de diferentes lugares. Essa interatividade permite mais integração entre os utilizadores, uma vez que todos eles podem opinar e trocar idéias acerca do que está sendo mostrado. “O mais impressionante foi a rapidez com que o site cresceu, não esperávamos que fosse tão rápido”, diz Marcela. Entretanto, o acesso ao que já foi publicado ainda é restrito aos assinantes do grupo de fashionistas.

A interatividade é o maior destaque da comunidade e reflete exatamente o pensamento de quem participa, tornando-se uma ferramenta extremamente proveitosa a todos os interessados e profissionais ligados ao mundo da moda. Tanto é que o site tem uma impressionante taxa de 30 minutos de permanência por visitação de acordo com o Google Analytics e sua interface é impecável.

“Nossa intenção em um futuro próximo é a parceria com marcas de roupas e acessórios. Assim nossos assinantes terão um link direto com as peças que usam para criar os looks e podem ter acesso ao mercado online.”, conta Marcela.

Dentro do site ainda é possível encontrar comunidades que possuem conversas sobre modas e marcas. Além de um blog onde a direção do site publica as melhores criações.

Indústria Têxtil

Foi divulgado nesta sexta-feira (17/04), o balanço da Tecnotêxtil Brasil 2009. Conforme a organização do evento, entre os dias 14 e 17 de abril, mais de 14 mil visitantes estiveram presentes na feira que ocorreu no pavilhão amarelo do Expo Center Norte em São Paulo. Em sua 1ª edição, a feira superou as expectativas de expositores e organizadores. “Os expositores demostraram estar satisfeitos, venderam máquinas e prospectaram bons negócios. Foi uma feira importante, pois aqui nós pudemos sentir que está sim havendo uma retomada nos negócios e vendas do segmento”, avaliou Hélvio Roberto Pompeo Madeira, diretor-presidente do Grupo FCEM, empresa organizadora da feira.

A empresa anunciou no final da tarde de ontem às autoridades têxteis e empresários do setor em São Paulo o retorno da feira à capital em abril de 2011. A decisão foi tomada pela direção da FCEM, a partir do balanço comercial e de público, considerado positivo.

Congresso Têxtil

Também foi sucesso de público o XXIII Congresso Nacional de Técnicos Têxteis (CNTT). Promovido pela ABTT (Associação Brasileira de Técnicos Têxteis), foram registradas a presença de 1,2 mil participantes. No total, foram realizados oito paineis e 70 palestras abordando os mais variados temas. Entre eles, nanotecnologia, sustentabilidade e moda, entre outros.

Fonte: Leed Comunicação

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes