Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Category Archives: Semana de Moda

Melk e o segundo dia do DFB 2015

dfb2

 

No segundo dia do evento, conhecemos o vencedor do prêmio Moda Comunidade, Emanuel Victor de Oliveira e assistimos ao desfile do vencedor de 2014, Paulo Marttins, que teve sua coleção/desfile toda bancada pelo Senac. A coleção do jovem talento foi inspirada no “filtro dos sonhos”, objetivo que os indígenas acreditam canalizar energias positivas. Desfilaram ainda, Lenita Negrão (Ceará), Bikini Society (França), Lindembergue Fernandes (Ceará), Wagner Kallieno (Rio Grande do Norte) e Melk Z-Da (Pernambuco). O desfile de Melk, aliás, vale muto ser comentado. Parece que ele encontrou um bom caminho entre o conceitual e o comercial. Visivelmente influenciado por suas noivas, apresentou na passarela do Dragão Fashion um desfile maduro, conciso, leve, fluido, orgânico e belíssimo. O rico trabalho manual e a moulage impecável ainda são seus carros-chefe.

As apresentações do pernambucano Melk Z-Da e da cearense Almerinda Maria, nos tocaram tanto que decidimos fotografar um editorial na Praia de Iracema. Uma verdadeira ode à moda do Nordeste e a esses criadores tão especiais.

 

Primeiro dia do Dragão Fashion Brasil 2015

terminal-maritimo-de-passageiros-de-fortaleza-dragão-fashion-brasil-2015-osasco-fashion-2

O primeiro dia do Dragão Fashion Brasil começou com uma coletiva de imprensa em que o criador e diretor do evento, Claudio Silveira, apresentou o conceito e as novidades da edição 2015. Seguido dos patrocinadores e parceiros, que contaram um pouco de suas participações e elogiaram esse que é o maior evento de moda do Nordeste. Claudio lembrou da crise que assola o mercado, mas ao invés de chorar suas pitangas apontando culpados e vitimando-se, chamou a responsabilidade para si, reinventou a estrutura do DFB, fez parcerias importantes, como com o Governo do Ceará, e foi além fazendo valer aquele antigo ditado “em tempos de crise, enquanto uns choram, outros vendem lenços”.

O DFB agora acontece no Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza, um lugar espaçoso, com visual incrível e estrutura confortável que conversa bem com a paisagem. Foram sete desfiles de marcas brasileiras e até de fora. André Sampaio (Ceará), ASAP (Rio Grande do Sul), Aládio Marques (Bahia), Christina Crawford (Itália), Almerinda Maria (Ceará), João Paulo Guedes (Ceará) e Lino Villaventura (Ceará). Destaque absoluto para o criativo, belo e despretensioso desfile da Almerinda, que apresentou um rico trabalho em renda renascença e richilieu, com técnica preciosa passada durante séculos pelas mulheres de sua família, mas que atende a expectativa de qualquer produção de moda internacional. Lino trouxe uma reedição do desfile apresentado no último São Paulo Fashion Week.

No fim da noite, uma festa da vodka Cîroc animou o rooftop do terminal com muita música eletrônica.

Casa de Criadores Verão 2016

Jadson Raniere

Jadson Raniere levou um formato de vídeo + catwalk, com direito a danças e movimentos street na passarela. Peças sobrepostas, com leveza e fluidez surgiram em estampas florais e psicodélicas em uma coleção animada e urbana.

Rober Dognani

Rober Dognani trouxe um verão inspirado na sensualidade das medusas e serpentes que enfeitiçam e paralisam os olhares por onde passam. Com uma silhueta justa ao corpo, as peças trabalhadas em materiais como paetês e o látex produzem um efeito que remete as trocas de pele do réptil e seu couro escamoso. A cartela de cores vem clássica e pontua com o off White e preto. A passarela coberta com uma névoa acentuando o clima de mistério, ainda contou com a ilustre presença de duas cobras de verdades que surgiram envoltas no pescoço de uma das modelos.

Weider Silveiro

Weider Silveiro trouxe do povo indígena Mapuche, que conheceu durante uma viagem ao Chile a inspiração para o seu verão 2016. Com uma silhueta ampla, onde o comprimento mídi impera, o estilista revelou uma coleção quase toda artesanal com trabalhos desenvolvidos com crochê de barbante cru que se contrapunha as miçangas coloridas e os paetês prateados.

Igor Dadona

Igor Dadona foi nostálgico ao trazer a lembrança de uma festinha de aniversário em que nenhum de seus amiguinhos compareceu para o seu verão 2016. E o estilista que adora mergulhar em inspirações melancólicas, aproveitou a amarga lembrança para criar uma coleção doce com uma pitada sombria. Os rapazes ganham macacões, salopete, calças com sobreposições de saias e muita camisa em alfaiataria. A cartela de cores mescla tons alegres como o azul clarinho aos clássicos pretos, cinzas e branco em estampas de poás, xadrezinhos e florais. Para compor esse clima Igor fez uso de tecidos que parecem pesados, porém são leves como pede o verão as como sedinhas e um jacquard ultra fino.

A beleza do último dia do SPFW

No último dia do SPFW, as expectativas beiraram o limite. Foi por isso que nosso editor de beleza invadiu os bastidores desta edição para trazer as melhores dicas das bancadas dos especialistas para a realidade da mulher brasileira. Confira abaixo uma galeria com as melhores propostas para a passarela da semana de moda mais importante do país, com imagens exclusivas do fotógrafo Leo Andrade:

 

O surf club de Adriana Degreas

Adriana Degreas buscou no surf a inspiração para seu verão 2016, porém seguiu um caminho nada obvio do que se imagina para esse cenário. Conhecida pelo requinte de suas peças de moda praia, Adriana deixou que sua personalidade gritasse na coleção batizada de “Black Zone”, que traz referencias do livro “The Arcturus adventure: an account of the New York Zoological Society’s first oceanographic expedition”, de William Beebe publicado em 1926.

Na passarela uma silhueta estruturadas marcada por hot pants, biquínis e maiôs com cavas e recortes bem pontuados que davam uma ar sensual as peças.

O neoprene é a estrela da vez, trabalhado com nervuras e liso ele compõe com o látex e a lycra construindo ou desconstruindo a silhueta feminina. A cartela de cores marca essa intensidade com o contraste do petro e branco.

#Moda Rua: Confira os melhores looks que passaram pelos corredores da SPFW

A 39ª edição da São Paulo Fashion Week chegou ao fim, confira o que a galera escolheu para usar no último dia de desfiles:

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes