Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Category Archives: Fashion Business

Fashion Business: O Negocio da Moda


A moda é um fenômeno social amplo que precisa ser estudado em toda a sua complexidade. Mas é também um dos grandes negócios do século XXI.

Fashion Business – O Negócio da Moda é um curso de atualização que oferece a profissionais, estudantes e interessados em moda, a oportunidade de desenvolvimento de habilidades por meio da imersão em temas importantes do mercado da moda.

Trata-se de um curso cujo programa aborda desde as atividades criativas até a gestão empresarial. Um programa completo para profissionais que querem se destacar no competitivo mercado da moda. A melhor opção para quem quer fazer a diferença.

Por isso a Fundação Getulio Vargas está com inscrições abertas para a primeira turma do curso “Fashion Business: O Negócio da Moda”. O curso abordará tanto as atividades criativas como também a gestão empresarial, e é voltado para profissionais que buscam atualização, empreendedores interessados na criação de novos negócios e comerciantes que queiram qualificação para a renovação e expansão de seus negócios. Estudos de caso, debates e discussões, exercícios e simulações fazem parte da metodologia do curso. As aulas serão realizadas na sede da FGV na Barra, de 9 de maio de 2009 a 06 de fevereiro de 2010, quinzenalmente aos sábados. Informações www.fgv.br/mba-rio , no link FGV Empresarial ou pelo telefone      (21) 3799-4812

Fonte: FGV Rio

Fahion Business em parceria com os Pólos de Moda do Rio de Janeiro

O Estado do Rio de Janeiro conta com 11 pólos de moda que agregam cerca de três mil empresas, gerando aproximadamente 51 mil empregos diretos só na indústria de transformação e mais de 90 mil empregos em toda a cadeia produtiva, de acordo com as estimativas dos sindicatos das indústrias da moda do estado, que incluem vestuário, calçados e jóias.

Para divulgar a capacidade criativa e produtiva da indústria de moda do estado e promover o desenvolvimento sustentável deste setor, o Sistema FIRJAN apóia, através do SENAI Moda, a participação de micro e pequenas empresas destes pólos no Fashion Business, onde as coleções regionais são apresentadas para compradores e lojistas de todo o Brasil e do exterior.

Além de expor seus produtos na bolsa de negócios, os pólos são incentivados a estabelecer parcerias com as grifes das passarelas do Fashion Rio, integrando as pontas produtiva e criativa da cadeia, para fomentar o desenvolvimento de coleções dentro do Rio de Janeiro.


INPI promove palestra sobre marcas no Brasil e no exterior

Em mais uma participação do INPI no Fashion Business, o servidor Schmuell Lopes Cantanhêde deu uma palestra, no dia 15 de janeiro, sobre o registro de marcas no Brasil e no exterior. Ela foi realizada no Salão Multiuso do evento, na Marina da Glória, no Rio e contou com um público de cerca de 70 pessoas.

A palestra teve dois focos principais. Em Relação ao Brasil, Cantanhêde mostrou como é feito o registro, lembrando que o processo já pode ser feito totalmente pela Internet. O sistema e-Marcas está contribuindo para ampliar o acesso dos brasileiros ao registro de marcas no INPI. Com o uso cada vez mais intenso da Internet, os pedidos cresceram mais de 15% no ano passado.

Ele também destacou certas restrições que devem ser levadas em conta antes de solicitar o registro da marca. Afinal, palavras que sejam nomes de cores ou termos correntes no mundo da moda, por exemplo, não pode ser protegidas. Por exemplo, no setor de vestuário, a palavra fashion não é registrável e, portanto, pode ser usada por todos.

O analista ainda revelou que, além dos termos comuns para certas áreas de negócios, também não podem ser registradas bandeiras, brasões, monumentos, palavras que indiquem origem e termos que apontem supostas qualidades do produto.

Em relação ao exterior, ele mostrou alguns aspectos dos registros de marcas em países como Estados Unidos, Alemanha e Japão, além do escritório de Harmonização do Mercado Interior (OAMI, na sigla espanhol), que é a autoridade européia de marcas. Recomendou que as pessoas fizessem uma busca prévia nos países para os quais se pretende exportar.

Cantanhêde também revelou como o INPI, que está se preparando para a possível adesão brasileira ao Protocolo de Madri, que tornará mais fácil e rápido o registro de marcas nacionais em outras nações.

fonte: www.inpi.gov.br

Fashion Business e a Federação de Moda Francesa assinam acordo inédito.

A maior novidade deste ano do Fashion Business é a oficialização da parceria com a Federação Francesa do Prêt-à-Porter Feminino, um acordo inédito de cooperação que abre as portas do mercado Europeu para a moda brasileira. A primeira ação aconteceu em setembro de 2008, quando sete grifes brasileiras exibiram suas coleções no Salão de Paris. Desta vez Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira e Jean- Pierre Mocho, presidente da Federação Francesa do Prêt-à-Porter Feminino, assinarão o acordo e, em seguida, haverá desfile de três grifes francesas para mostrar ao público o perfil das marcas que participam do salão. A cerimônia será hoje, dia 15 de Janeiro, ás 16 hs, no salão de desfiles do Fashion Business.

Sistema Firjan apresenta exposição com ações em prol da indústria da moda

O sistema FIRJAN, por intermédio do SENAI Moda, preparou várias novidades para esta edição do Fashion Rio/ Fashion Business. Pela primeira vez os realizadores do evento apresentam, junto com outra instituição do sistema, o SESI- RJ (Serviço Social da Indústria), uma instalação que utiliza o efeito tecnológico e o impacto das artes plásticas para mostrar as ações desenvolvidas pelas instituições, sempre com o objetivo de promover a indústria da moda.

A campanha “Despertar para a Moda”, uma iniciativa do SESI e do SENAI MODA nasceu da constatação dos estilistas de que há uma necessidade de renovar o setor, sobretudo no que diz respeito à base da produção de moda e engloba o trabalho de modelistas, costureiras e cortadores. Alessa Migani, Carlos Tufvesson e Jacquenine de Biase são os padrinhos da campanha. O fotógrafo Murillo Meirelles clicou mais de 30 crianças em uma tarde de oficina de estamparia, bordado e modelagem, e essas imagens fazem parte de um painel de cinco metros que está no estande da FIRJAN. A convite de Alessa, o SESI Jacarepaguá levou as crianças que estiveram na oficina para assistir ao desfile da nova coleção da estilista no Fashion Rio.

Fahion Business em parceria com os Pólos de Moda do Rio de Janeiro

O Estado do Rio de Janeiro conta com 11 pólos de moda que agregam cerca de três mil empresas, gerando aproximadamente 51 mil empregos diretos só na indústria de transformação e mais de 90 mil empregos em toda a cadeia produtiva, de acordo com as estimativas dos sindicatos das indústrias da moda do estado, que incluem vestuário, calçados e jóias.

Para divulgar a capacidade criativa e produtiva da indústria de moda do estado e promover o desenvolvimento sustentável deste setor, o Sistema FIRJAN apóia, através do SENAI Moda, a participação de micro e pequenas empresas destes pólos no Fashion Business, onde as coleções regionais são apresentadas para compradores e lojistas de todo o Brasil e do exterior.

Além de expor seus produtos na bolsa de negócios, os pólos são incentivados a estabelecer parcerias com as grifes das passarelas do Fashion Rio, integrando as pontas produtiva e criativa da cadeia, para fomentar o desenvolvimento de coleções dentro do Rio de Janeiro.

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes