Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Category Archives: Fashion Business

Coletiva Fashion Rio

Esteve presente o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes durante a coletiva de imprensa de abertura da 15° edição do Fashion Rio, evento de moda que pretende impulsionar e revitalizar a Zona Portuária da cidade. Realizada no “Palácio da Cidade”, os organizadores garantiram que esta revitalização já e uma realidade e os editais para obras serão lançados agora na segunda quinzena de junho.

Também esteve presente o novo diretor criativo do evento, Paulo Borges, que afirmou que o lugar escolhido-Píer Mauá- é uma área estratégica para a cidade do Rio de Janeiro. Conhecido como o idealizador do São Paulo Fashion Week, Borges aponta “o dialogo com a cidade” como o principal objetivo da semana de moda carioca. “Moda não e roupa. A roupa já é o resultado do que o estilista pensa sobre a sociedade, a cultura”.

O prefeito também comentou a suposta rivalidde do evento carioca com a semana de moda paulista e afirmou que busca uma convergência entre os dois eventos “Todos nos temos muita expectativa sobre a entrada de Paulo Borges, mas acredito que o dois eventos são complementares, não tem concorrência”.

O Fashion Rio começou nesta sexta feira e irá até quarta (10), levando às passarelas do Píer Mauá às coleções Primavera/Verão 2010 de cerca de 30 grifes, incluindo Ling, Cantão, Mara Mac, Salinas, Juliana Jabour, entre outros. O evento será palco para centenas de modelos e atores globais, entre eles Rodrigo Santoro.

A programação iniciou por volta das 19 h, com o Prêmio Rio Moda Hype, e teve o intuito de lançar novos nomes no mundo fashion. Foram dois desfiles coletivos, com seis grifes cada, incluindo Fernanda Yamamoto, Lore, Stefania, Alisson Rodrigues, R. Groove e entre outros.

O Fashion Business volta para Marina da Glória e vai acontecer desvinculado do Fashion Rio

A união entre o mais importante segmento da economia do Rio de Janeiro, responsável por 60% do PIB estadual e por mais de três milhões de empregos formais, e a empresa que inovou os eventos de Moda no Brasil, colocando o país no calendário do mundo fashion, acaba de se concretizar. Uma parceria entre o Sistema Fecomércio-RJ, a Dupla Assessoria, de Eloysa Simão, e a Escala Eventos, de Jerônimo Vargas, vai viabilizar a realização, em agosto, do seminário internacional Moda + e, no início de 2010, da primeira edição do Fashion Business Tech.

Fashion Business Tech

A maior e mais expressiva bolsa de negócios do segmento de moda nacional, que reúne mais de 150 grifes de 12 estados brasileiros, gerando R$ 350 milhões para o mercado nacional e US$16 milhões em exportação para 26 países a cada edição, ganha um novo pavilhão em 2010. Totalmente voltado para lançamentos de serviços, equipamentos e tecnologia, a nova área pretende oferecer tudo que facilite e modernize a operação dos lojistas. A data prevista para o evento é janeiro, na Marina da Glória. Além de aumentar o número de compradores, o Fashion Business Tech também retomará as ferramentas de concretização de negócios, como o salão técnico de desfiles e o encontro de integração entre compradores e expositores. A Dupla, a Escala e o Sistema Fecomércio-RJ investirão cerca de R$ 3 milhões de reais para a realização do Fashion Business Tech, um crescimento de 30% em relação ao valor investido na última edição. “Agregar tecnologia, equipamentos, informação e serviço já era uma demanda da maioria dos cinco mil lojistas que comparecem ao evento a cada edição” explica Jerônimo Vargas, diretor da Escala Eventos.  “O Rio terá o evento mais completo da América Latina nesse setor”, completa Eloysa Simão, diretora da Dupla. “Na próxima edição, o evento apresentará a cadeia fashion business na sua totalidade”, finaliza Orlando Diniz, presidente do Sistema Fecomércio RJ.

Moda +

Realizado há oito anos pelo Sistema Fecomércio-RJ, através do Senac Rio, o seminário Moda + muda sua data no calendário, passando a acontecer entre 24 e 26 de agosto. Contando pela primeira vez com palestrantes internacionais, o seminário tem como objetivo adiantar discussões e contextualizar tendências do cenário global da moda, podendo ser considerado um balizador para os profissionais do segmento, que farão suas viagens de pesquisa para o lançamento de suas próximas coleções. O seminário terá início com a apresentação do Bureau de Estilo Moda +, coordenado por Iesa Rodrigues, com as principais tendências das coleções outono-inverno 2010.

Carlos Ferreirinha, da MFC Consultoria, apresentará palestra sobre o tema mercado de luxo e realidade econômica brasileira. Roberta Stamato, proprietária da loja multimarcas Dona Coisa, vai mostrar o case da criação e condução do seu próprio negócio – como uma multimarcas conseguiu consolidar sua marca e alcançar o reconhecimento de uma grife. A rede do varejo Leader Magazine será responsável pela apresentação sobre área de compras.

O segundo dia do evento será reservado aos palestrantes internacionais, uma novidade no Moda +. O Trend Union, considerado o mais importante observatório de sinais mundial, será responsável pela primeira apresentação, com foco nas tendências e estratégias do consumo internacional. O encerramento será com David Shah, reconhecido como o “papa da moda mundial”. Sua palestra vai mostrar como a crise econômica atual irá afetar o design e a criação e, como conseqüência, os hábitos de consumo.

Exposição

Entre as novidades do Moda + nessa nova fase está a realização da exposição “O Sol da Maison Chanel”, que mostrará a importância do trabalho da estilista que revolucionou a moda na década de 20, libertando a mulher dos trajes desconfortáveis e rígidos do final do século XIX. A exposição revela o relacionamento de Mademoiselle Chanel com a modelo Vera Barreto Leite, sua primeira e mais importante modelo de prova. Como não desenhava suas criações, Chanel “construía” seus modelos diretamente sobre o corpo de Vera.

Fonte: Mediação

Fashion Business em novo endereço

O Fashion Rio surgiu em 2002, resultado do Fórum da Moda, criado em 2001 pela Firjan, como parte da estratégia de relançar a cidade do Rio de Janeiro no calendário da moda nacional e, o Fashion Business apareceu um ano depois.

A Firjan teve a idéia de chamar para o Fashion Business, a produtora e ex-jornalista de moda Eloysa Simão para mudar a estratégia do evento e atrair o grande público comprador de moda (os lojistas multimoda de todo o Brasil). O objetivo principal era atrair grandes compradores que pudessem encontrar tudo num mesmo lugar, em um ambiente belo, prático e seguro para compradores e expositores (até mesmo, do ponto de vista financeiro).

Segundo a assessoria do Fashion Business, as confecções e cooperativas que integram os diversos pólos de moda do Estado do Rio de Janeiro (apoiados pela Firjan e pelo SEBRAE), expõem suas produções para diversos compradores do Brasil e do exterior e, a partir dessa mega bolsa de negócios que é o Fashion Business, que elas conquistam seus compradores e isso as faz cada vez mais, crescerem no mundo da moda.

O Fashion Rio ganhou grande dimensão, em termos de vendas para o Brasil e para o mundo, por agregar ao seu evento o Fashion Business, onde abriu um espaço para crescimento de estilistas e, daí em diante, a valorização do trabalho de bordadeiras, costureiras e designers.

Um exemplo foi a marca Apoena, do Distrito Federal, que ganhou o mundo (Paris, Milão), a partir do FB. O mesmo ocorreu com a marca Homem de Barro.

O novo organizador do Fashion Rio, Paulo Borges, em negociação feita com a Firjan e a Inbrands, teve a idéia de adaptar os galpões do Cais do Porto (área que a Prefeitura está revitalizando), para realizar a semana de moda carioca, onde os custos das adaptações seriam bem menores.

Os dois eventos nesta edição; o Fashion Rio e o Fashion Business terão praticamente acessos simultâneos.Para a esquerda é o acesso ao Fashion Rio, que ocupará armazéns já reformados do Cais; já o Fashion Business fica à direita, bem perto, no Píer Mauá, numa grande tenda, onde estarão também os estandes dos Promotores e patrocinadores: Sistema Firjan / Senai Moda, Sebrae, Sesi-RJ, INPI, BNDES e CNI.

Esta tenda abrigará cerca de 150 marcas de todo o Brasil que irão apresentar a moda primavera-verão 2009-10. Estarão presentes 150 compradores multimarcas brasileiros e mais 45 compradores Vips internacionais de todos os continentes. Além disso, diversos outros compradores nacionais irão ao evento por conta própria, pensando em fechar bons negócios neste grande evento empreendedor.

O Fashion Business sempre teve início dois dias após o começo do Fashion Rio e, desta vez, não será diferente. O Fashion Rio vai de 5 a 10 e o Fashion Business vai de 7 domingo a 10 (quarta-feira).

Cinema + Moda= Negócios em Cannes

Parece que, pelo menos para a moda, o Festival de Cannes não é só uma grande vitrine da sétima arte, mas também uma grande oportunidade de negócios.

O hotel Le Martinez, o mais caro durante o festival devido à localização, fica na famosa boulevard La Croisette, no epicentro do evento, foi escolhido pela grife de sapatos Sergio Rossi para o lançamento de uma coleção-cápsula com cristais Swarowski; enquanto isso, na suíte Sky do White Palm, vestidos de alta-costura de Didier Ludot e ainda sapatos de Bruno Frisoni, que já trabalhou para Yves Saint Laurent, Lacroix e Lanvin, eram mostrados em show-rooms montados para quem circula pelo evento. Numa outra suíte, a do Le Gray d´Albion, que tem aposentos decorados com objetos de Philippe Starck, era mostrada a coleção de Gabriella Cortese.”There´s no business like show business”.

Além disso, A poderosa grife D´Squared, inaugurou sua nova loja a D´Squared2 em Cannes durante o evento, que contou com a presença da musa do burlesco, Dita Von Teese e do “vampiresco” Robert Pattinson de “Crepúsculo”.

Idealizadora do Fashion Rio, Eloysa Simão, conta como foi seu desligamento do evento carioca

Em entrevista dada para um jornal carioca, a ex-organizadora do Fashion Rio, Eloysa Simão, desabafa como foi sua saída da semana de moda-na qual foi uma das idealizadoras-e como esta sendo este momento de readaptação para ela.

“A saída foi muito ruim, foi um dia muito difícil. Fiquei feliz por ter o apoio de todas as pessoas que esperava ter”.

Para Eloysa, “a questão não é apenas como você começa uma relação e como você termina ela, a verdade é que, não foram corretos e nem elegantes comigo”, disse.

Sua saída da Firjan foi mesmo marcante. Por um lado, foi chato, chocou a todos de sua equipe e todas as grifes que participam do evento, que só souberam do ocorrido pelos jornais. Teve um momento em que ninguém sabia o que estava acontecendo de fato e, segundo Eloysa, um começou a ligar para o outro. Por este motivo, parou de atender os telefonemas e parou de falar com as pessoas, pois realmente não sabia o que dizer e não queria causar mais confusões naquele momento tão tumultuado.

Ao falar sobre o Fashion Business, Eloysa contou que este é um evento da Dupla e da Escala (ambas, são assessorias de imprensa do evento) e que existe um compromisso com o mercado e de realização desta próxima edição, junto com o Fashion Rio. Ela diz que pretende honrar este compromisso da melhor maneira possível e espera que esta edição seja muito bem sucedida e que as pessoas (visitantes e compradores), saiam de lá felizes com o sucesso dos negócios.

Segundo ela, na última edição, o crescimento foi menor por causa da crise econômica, porém conseguiu vender R$350 milhões. Esta edição pode ser melhor, pois participarão cerca de 150 expositores.

Para Eloysa, o melhor mesmo é seguir em frente e olhar para o futuro, pois recebeu o convite para liderar o Rio Summer, de Nizan Guanaes e resolveu aceitar. Para ela, este é um evento voltado para o mercado internacional e que pode transformar o Rio de Janeiro, na capital mundial do verão.

Disse também, que tem outras propostas de trabalho e esta analisando com muita cautela, pois não quer ser concorrente dela mesma.

Sobre o assunto da substituição dela por Paulo Borges no Fashion Rio, Eloysa diz que não houve rivalidade. Para ela, dar uma operação do Rio de Janeiro a uma mesma empresa que organiza o evento de São Paulo, deixa o mercado inseguro. “É o mesmo que a federação de futebol do Rio, dar o nosso campeonato à gestão da federação que cuida do campeonato de São Paulo” Disse. Segundo ela, só o tempo vai responder as novas mudanças.

Fonte: RG Vogue

Edição de Texto: Juliana Reis

Fashion Rio exclui marcas do seu Line-up


O Fashion Rio não será mais o mesmo. A próxima edição, que está Sob o comando de Paulo Borges-o mesmo organizador da SPFW-mudou de endereço e passa a ser no Píer Mauá. Borges também tirou do line-up 15 marcas que desfilaram na edição passada, alegando uma nova estratégia de comunicação. Entre as marcas excluídas estão kylza Ribas e Homem de Barro.

A marca carioca, Kylza Ribas já participou de sete edições, duas no Rio Moda Hype, três no evento dos Novos Criadores e duas em desfile solo. A empresária recebeu o comunicado oficial por e-mail da Firjan – organizadora do evento – avisando sobre sua saída da semana de moda carioca. Segundo notas divulgadas em sites, a estilista tem uma reunião nesta semana com a Firjan, onde vai procurar saber um pouco mais sobre as mudanças, porque a marca também faz parte do fórum de grifes do Fashion Business.

O empresário da marca Homem de Barro, Marcio Duque recebeu o mesmo e-mail no dia 01/05/09, da organização do evento. Em entrevista, Marcio disse que não entendeu os motivos para sua marca ser excluída. Foi alegado no e-mail, falta de gestão de empresa, tempo de mercado e distribuição.

Duque disse também que, as críticas positivas que a Homem de Barro recebeu das mídias, já mostra que a marca possui status para fazer um desfile solo. O empresário explicou que, além de ter mais de 150 clientes e 70 pontos de vendas espalhados em fevereiro a marca participou do Prêt-à-porter, em Paris, como um dos novos talentos da moda carioca.

Disse ainda que, está marcada uma reunião com a Firjan esta semana e, tem quase certeza que, a Homem de Barro desfilará na próxima edição do Fashion Rio. Enquanto isso, já está planejando um desfile de pré-lançamento para seus clientes, em paralelo a semana de moda Carioca, que ainda será confirmado. A marca Homem de Barro que desfila a três edições no Fashion Rio, continuará no Fashion Business.

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes