Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Category Archives: Dragão Fashion Brasil

A grife Rarha Beach Couture trouxe a elegância dos anos 1930 para a passarela

rarha9

Dando inicio aos desfiles oficiais do quinto dia do Dragão Fashion 2013, a grife de moda praia, Rarha Beach Couture, da estilista Caroline Amhof,  trouxe uma linha elegânte e sofisticada inspirada no contorno da silhueta dos ano 1930.

Biquínis, hot pants e maiôs com recortes e transparências passaram pela passarela do evento. As peças chamaram atenção pelos cortes que modelavam e valorizavam o corpo feminino com simplicidade, suavidade e requinte.

Uma cartela em cores clássicas, suaves e delicados como o preto, dourado, rosa claro, azul claro, cinza e branco, deixaram as peças comportadas com um ar vintage. Fivelas inseridas como joias, deram um toque de sensualidade e contemporaneidade.

Nos materiais a grife optou pela tradicional lycra, que intercalou com detalhes em tule, seda e suplex. A mulher Rarha vem poderosa pronta para um verão luxuoso.

Fotos por: Roberta Braga, Silvia Boriello e Ricardo K

rarha8

rarha7

rarha6

rarha5

rarha4

rarha3

rarha2

rarha1

rarha

Concurso Novos Talentos parte 1

Toda edição o Dragão Fashion abre espaço para alunos do Brasil inteiro mostrar um pouco do seu talento com peças elaboradas de acordo com o tema anual do evento. E este ano, o tema escolhido foi “Onde há fumaça há fogo”, e os alunos das faculdades Fevale, FANOR, Centro Universitário de Belo Horizonte e Estácio FIC, desfilaram na primeira noite do concurso.

Feevale

feevale

A primeira faculdade a se apresentar foi a Feevale, que apostou em vestidos com capas arrastando no chão, franjas, aplicações de correntes e paetês. Na cartela tons de laranja, vermelho e azul e preto.

Fanor

fanor

A Fanor seguiu uma linha mais conceitual, e apresentou a historia de uma fênix que se apaixona por um dragão. O desfile teatral foi rico em detalhes, aplicações de penas, pedrarias, paetês e transparências. Nas cores, vermelho, amarelo, preto, nude e muito dourado. Destaque para os maxi brincos e as bolsas em formato de gaiolas.

Cento Universitário de Belo Horizonte

Centro Univ BH

A terceira apresentação da noite, chegou abusando dos babados, franjas e rendas. Uma coleção de mini vestidos carregados de detalhes. Tons de amarelo, preto, bordô e verde marcaram as peças.

Estácio Fic

fic

No contra fluxo das outras apresentações da noite, os alunos da Fic apostaram em tons mais neutros e terrosos. A coleção inspirada em Onirê, um deus da cultura africana, veio com saias estruturadas de tule que ornavam com peças de couro marrom e aplicações de pétalas de rosas, calças e macacões em algodão com amarrações de cordas. E para arrematar, colares e braceletes de cobre em forma de arabescos.

Fotos por: Roberta Braga, Silvia Boriello e Ricardo K

 

Kalil Neponuceno viajou pelos jardins de Claude Monet para criar sua moda festa

kalil

O estilista Kalil Neponuceno, aproveitou uma viagem que fez a Paris para concretizar a vontade que tinha de explorar o trabalho do pintor francês, Claude Monet. Sua coleção percorreu os “Jardins de Monet”, começando pelas telas brancas até chegar nas explosões de cores, tão características do pintor.

Vestidos longos, curtos, com caudas, justos, com e sem volume apareceram repletos de babados, flores em alto relevo e aplicações de paetês e pedrarias. Materiais nobres, como a seda pura, diversos tipos de renda, shantung e devorês davam um tom luxuoso as peças.

Na cartela de cores foram usadas matizes de verde, roxo, lilás, amarelo, rosa, marrom, vermelho, azul e branco. E para arrematar a sua moda festa, Kalil desenvolveu, manualmente, estampas tridimensionais com muitas camadas de cor.

Fotos por: Roberta Braga, Silvia Boriello e Ricardo K

kalilcapa

kalil8

kalil7

kalil6

kalil5

kalil4

kalil3

kalil2

Marcia Ganem levou o Canto da Sereia para as passarelas do Dragão Fashion

marcia

A estilista Marcia Ganem, conhecida por seus trabalhos sustentáveis, levou para a passarela “As Jóias das Sereias”. A coleção foi inspirada no figurino da atriz Isis Valverde, na mini serie da Rede Globo “O Canto da Sereia”, que era assinado pela própria designer.

Para elaborar esse trabalho, Marcia usou como base, a fibra de poliamida. E a partir das tramas criadas pela fibra, foram arquitetadas, saias longas, vestidos, tops e coletes, com muitas franjas e bordados com ônix, escamas de acetato e perolas legitimas. Para intercalar com a poliamida, a estilista escolheu  materiais como rendas (renascença, de bilro, a caminho sem fim e uma desenvolvida em seu próprio ateliê que se chama renda flor de mané) e um tear de seda manual feito pela, artesã argentina, Ana Grimaux.

As nuances usadas para compor  as criações da artista foram: branco, bege, perolado, verde água, marrom e preto.

A veterana das passarelas do Dragão Fashion, continua com seu seu ateliê, no pelourinho, em Salvador e atualmente exporta para diversos países do mundo através da Texbrasil.

Fotos por: Roberta Braga, Silvia Boriello e Ricardo K

marcia5

marcia4

marcia3

marcia2

marcia1

Os dinossauros da PS Store

pscapa

A estilista Perpétua Saraiva, da grife PS Store fez uma viagem no tempo e, ironicamente, trouxe ao Dragão Fashion os “Dinossauros Fashions”. A coleção no melhor estilo “Jurassic Park”, foi chamada de “Flores Jurássicas” e foi inspirada no mundo lúdico desses grandes répteis.

E nada melhor que a textura, para representar os enormes reptantes. Tacha e paetês foram aplicados nas roupas em referência à couraça dos dinossauros. Babados lembravam as placas ósseas presentes nas costas de algumas espécies. E muitos dentes feitos com madrepérola foram bordados em diversas peças.

As roupas que alinharam o conceitual com o casual foram desenvolvidas com materiais como: denim, shantung de seda, veludo alemão, sarja acetinada, cetim toque de seda, couro luminar, toulon spandex, tule italiano e suplex light.

Na cartela de cores o marrom, preto, dourado, nude, verde, azul e bronze deram o tom a era mesozoica.

Fotos por: Roberta Braga, Silvia Boriello e Ricardo K

ps6

ps5

ps4

ps3

ps2

ps

A moda urbana da ByBetto

bybettocapa

Outro estilista fez sua estréia no Dragão Fashion, foi o carioca, Betto Gomes da grife ByBetto. O jovem designer se inspirou no trabalho do arquiteto canadense, Frank Gehry, para fazer um desfile urbano, com referências às grandes metrópoles  e o batizou de “Cidade Vertice”.

A coleção foi marcada por grafismo, texturas e um estilo bem high-tech. Mini vestidos estruturados foram o carro chefe da apresentação, e apareceram com variações de recortes, lavagens e aplicações.

Nos tecidos o jeans predominou, abrindo espaço apenas para alguns materiais metalizados, como o lamê e os paetês. Nas cores muito cinza, azul índigo, dourado, vermelho, branco e preto. Destaque para as sandálias feitas com uma palmilha arrematada por cordas e plástico.

Fotos por: Roberta Braga, Silvia Boriello e Ricardo K

bybetto6

bybetto5

bybetto4

bybetto3

bybetto2

bybetto

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes