Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Category Archives: Design

Água que é um luxo

Durante a última semana de moda outono-inverno 2009 de Paris a Evian, marca suíça de água, em sua segunda parceria de luxo, desta vez com o estilista francês Jean Paul Gaultier, diretor de criação da Hermès, lançou duas linhas de garrafas d’água em edição limitada.

A primeira, chamada “Prêt-à-Porter” é uma mistura do clássico com o moderno, pois com seus flocos de neve faz alusão aos Alpes franceses, local de onde brota a fonte da Evian. O rótulo em “majestic blue” ou azul majestoso, nome dado pelo próprio estilista, envolve a garrafa em um logotipo gigante para que lembre um marinheiro, que facilmente poderia ser encontrado no Lago Leman que margeia a cidade de Evian. A garrafa pode ser encontrada no site www.shopevian.com ao preço de US$13,95 a garrafa, mas infelizmente não é entregue no Brasil.

A segunda, chamada de “Haute Couture”, é uma parceria com a Baccarat. São cinco modelos feitos a mão pelos artesãos da famosa marca francesa de cristais e podem ser considerados pequenas obras de arte. Cada uma tem uma fonte de inspiração: bolhas, gotas, bandejas, reflexão e nascente. As garrafas foram mostradas em algumas capitais mundiais como Paris, Nova York, Moscou, Londres, Tóquio, Shangai, Dubai e Melbourne.

Entretanto, este segundo modelo somente foi feito para o leilão que ocorreu no último dia 07 de abril na casa de leilões francesa Artcurial, com lance mínimo de €3.000,00 (três mil Euros). O leilão arrecadou o total de €15.810,00, com lances entre €3.825,00 e €4.335,00. E por incrível que pareça uma das garrafas não foi vendida. A renda foi toda revertida para a Convenção de Ramsar, uma organização não governamental que protege as áreas úmidas do planeta e vem sendo mantida pela Evian nos últimos 10 anos.

Um século de Cartier

Ao longo da história, as mais poderosas marcas de jóias, associaram seus nomes á grandes atrizes do cinema, para exibirem pelo mundo as suas criações. A francesa Cartier teve o foco em belas mulheres, que além de famosas também se destacavam por sua elegância e estilo.

A marca realiza no mês de abril uma homenagem ás suas embaixadoras, a falecida princesa de Mônaco Grace Kelly e a sedutora atriz italiana Monica Bellucci.

Para comemorar um século da Cartier nos Estados Unidos, a loja da grife na Quinta Avenida em Nova York, vai exibir durante todo este mês um alfinete de lapela de diamantes e ouro branco, em forma de canichecriado em 1958. A peça foi escolhida, por ter sido uma das jóias preferidas da princesa Grace Kelly.

O Museu Nacional de Tóquio, no Japão vai exibir até o próximo dia 31 de maio a exposição “Story of…Memories of Cartier Creations”, que analisa a estreita relação entre a casa francesa de jóias e o Principado de Mônaco. Os visitantes poderão ver o anel de noivado, com esmeraldas e diamantes criado pela Cartier para o príncipe Rainier dar à atriz favorita do diretor Alfred Hithcock.

O alfinete de lapela, que pertenceu a princesa em forma de galinha, constituído por pérolas, ouro amarelo, brilhantes e esmeraldas, é também outra das peças integrantes da exposição.

Monica Bellucci atual embaixadora mundial da Cartier, se relaciona há cerca de 10 anos com a grife. Durante uma década exibiu suas jóias em festas, festivais de cinema e em campanhas publicitárias. Em março, a atriz foi a anfitriã da inauguração da nova loja no centro comercial Dubai Mall, em Dubai nos Emirados Árabes.

Leilão Coleção de Arte – YSL

No 21 de Fevereiro iniciou a exposição de artes do acervo pessoal do estilista Yves Saint Laurent e de seu parceiro Pierre Bergé, em Paris. A exibição acontece no Grand Palais até o dia 23 e depois é aberta apenas para compradores do leilãoChristie´s até o dia 25 de fevereiro.

São mais de 700 peças que irão a leilão, entre elas; gravuras, pinturas (Cézanne, Picasso, Goya entre outros) e esculturas que devem render até 500 milhões de euros, tornando-se a maior venda de um colecionador particular de todos os tempos.

Organizado pelo ex-parceiro, Bergé que apenas guardou uma escultura africana e um retrato do estilista feito por Andy Warhol, declarou que a coleção não significa mais nada após a morte de Yves Saint Laurent.

A venda das peças de arte deve ser um dos acontecimentos do ano para a Christie´s. O problema é que o leilão está ameaçado, podendo até ser cancelado, porque o Ministério de Relações Exteriores da China está exigindo a devolução de duas peças, alegando que estas foram roubadas há 150 anos. Segundo informações do jornal Herald Tribune.

As obras são duas cabeças feitas de bronze (uma de coelho e outra de rato) que seriam parte de um conjunto de 12 animais que decorava os jardins imperiais chineses. As relíquias teriam sido levadas quando os exércitos ingleses e franceses invadiram o antigo Palácio de Verão, em Pequim, durante as Guerras do Ópio (1839-1860).

Por enquanto não existe um acordo entre o Governo Chinês e a Casa de Leilão, porque ambos alegam direitos iguais sobre as peças. A China exige que seja feito a devolução ao país imediatamente e caso isso não ocorra os advogados pretendem interromper ou adiar o leilão. A Christie´s e a Fundação YSL dizem que a venda é 100% legal.

Fonte: Herard Tribune

Madeleine Vionnet

revival está na moda. Depois de Rochas e Haslston, chegou à vez da casa francesa Vionnet voltar à ativa. A Maison foi comprada por Matteo Marzotto, ex-presidente da Valentino, e as expectativas do retorno da marca são grandes.

Em 2006, a estilista Sofia kokosalaki cria, depois de 67 anos, a coleção de primavera/verão 2007 para a marca, mas ficou difícil recuperar o tempo perdido e o prestígio. Marc Audibet, que logo substituiu à estilista, ficou apenas uma temporada.

Ainda não foi divulgado quem vai assinar a direção criativa da marca e nem quando isso deve acontecer.

A francesa Madeleine Vionnet foi considerada uma das grandes estilistas de todos os tempos. Para quem não sabe ela criava seus modelos em miniaturas de bonecas e só depois de alcançado o resultado passava para a escala humana. Vionnet era considerado a rainha do corte enviesado, ela com suas criações redescobriu o corpo feminino, livrando as mulheres do espartilho e dando conforto e movimento através da forma e do corte de suas roupas.  O estilo atemporal de Vionnet é influência até os dias de hoje, assim como sua contribuição técnica à alta-costura.

DESIGN- A serviço do estilo

A moda pede toques de personalidade e sofisticação. Desenvolver uma peça única em um mercado ávido por uma identidade singular virou sinônimo de estilo. Com isso, a customização/personalização, mesmo sendo um processo já conhecido, se mantém como um conceito de design emergente nas cadeias industrial e comercial, orientadas a fornecer produtos e serviços a custos razoáveis. Apoiada na evolução tecnológica é uma estratégia que satisfaz o desejo do cliente pelo exclusivo, pelo diferenciado.

De forma geral, a customização é uma tentativa de satisfazer o consumidor, trazendo-o para o processo de desenvolvimento. Customização e personalização possuem uma relação muito próxima. O termo customização parece mesmo ter surgido da expressão da língua inglesa custom made (sob medida). Já o verbo To costumize pode também ser traduzido como “personalizar”. A personalização significa atribuir qualidades da pessoa, personificar, dar caráter pessoal.

Num primeiro momento, o tema da customização remete à performance de diferenciação de um produto existente através de técnicas alternativas, muitas vezes manuais. Uma das formas mais comuns de se fazer trabalho incomum é a pintura. Profissionais com capacidade criativa aguçada aplicam desenhos que tornam os calçados e outros produtos peças únicas. Isso normalmente é realizado depois da peça pronta. A customização ainda revigora ou dá nova vida àquela roupa antiga.

Nos centros urbanos, existem lugares específicos para a customização de peças, principalmente vestuário, já que se consegue fazer muita coisa com técnicas manuais que não necessitam de grande aparato tecnológico. É possível adquirir peças prontas pré-customizadas ou então trabalhar sobre a própria peça aplicando novos elementos para transformá-la num item particular, usando botões, miçangas, linhas e muita criatividade. No caso dos calçados, as possibilidades também são muitas, embora exista uma limitação técnica maior e, por vezes, uma necessidade de equipamentos específicos para executar certos trabalhos.

Hoje, novas tecnologias e até mesmo estratégias de marketing e administração permitem a produção em massa de bens customizados. Embora pareça um tanto contraditório proporcionar uma característica única ao produto seriado, o resultado é uma experiência de personalização bem sucedida, como é o caso das marcas Nike e Adidas, que permitem ao cliente escolher cores, texturas e outros detalhes dos tênis.

Outro fenômeno interessante que vem ocorrendo com o notável aperfeiçoamento tecnológico é que conteúdos particulares são utilizados em benefício da customização. Com o advento da impressão digital – chama-se assim porque dispensa qualquer tipo de matrizaria, chapa, fotolito – e a popularização das máquinas digitais, surge à possibilidade de se imprimir esse conteúdo em materiais que serão utilizados para fabricar algum produto pontual e específico para um determinado cliente. Um exemplo é a impressão direta sobre tecidos que serão usados para confeccionar calçados, bolsas e outros acessórios.

Uma expressão bem marcante desse processo é o uso da auto-imagem, muito percebida como desenho de superfície nos mais variados tipos de produtos. Talvez um processo um tanto hedonista, mas, se bem trabalhado, traz resultados surpreendentes.

Com tantas possibilidades, a onda da customização atinge o público de todas as idades e características, desde os adolescentes e mais jovens até as pessoas podem usar. Associada aos recursos tecnológicos que vêm se desenvolvendo, as formas de aplicação são cada vez maiores e se tornam disponíveis a um público de poder aquisitivo também variado.

Fonte: Portal SENAI Design

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes