Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Category Archives: Cultura

Cinco livros para pensar mais profundamente sobre a moda

TalitaO Closet Online convidou a Talita Souza de Oliveira que é graduada em Design Industrial pelo SENAC-SP, onde se dedicou ao Design Sustentável. Possui experiência profissional como designer de moda. Cursou Fashion Design no Instituto Marangoni, Milão, Itália, tem  pós-graduação em Design de Acessórios de Moda pela Faculdade Santa Marcelina- FASM,  em 2010 é Mestra em Têxtil e Moda pela Universidade de São Paulo e professora dos cursos de Design de Moda da Faculdade Paulista de Artes – FPA e da Pós-graduação da Faculdade de Tecnologia SENAI Antoine Skaf.

1. Moda e Sustentabilidade: Uma Reflexão Necessária. Lilyan Berlim

Lilyan

Este livro possui uma abordagem muito interessante acerca da Sustentabilidade na Moda e seus principais paradigmas, tanto para os dias atuais quanto para o futuro. Lilyan Berlim, é uma das principais especialistas em sustentabilidade aplicada à moda no Brasil, em sua obra escreve sobre os pilares que envolvem a temática, como os impactos ambientais decorrentes da indústria têxtil, a responsabilidade diante da mão de obra humana, questões sociais, o consumo responsável e a reflexão do ciclo de vida dos produtos de moda. A autora também detalha como o cenário acadêmico, como faculdades e cursos, e o cenário profissional, como feiras e as semanas de moda, estão reagindo ante este contexto sustentável aplicado a este vasto universo. Trata- se de uma leitura muito interessante e que a cada capítulo oferece um novo conhecimento!

2. Sociologia da Moda. Frédéric Godart

fredericFrédéric Godart interage com a Moda de um modo muito inteligente ao ligá-la a sociologia no livro em questão. A relação entre o indivíduo e a moda é detalhada nas mais diversificadas dinâmicas que existem na sociedade, como imitação e diferenciação, a imersão e o reconhecimento dos estilos em meio à coletividade, a importância da utilização das marcas como demarcadores sociais e indenitários, bem como toda a sistematização que engloba o conceito pertinente ao fashion.

3. CORPO, MODA E ÉTICA: Pistas para uma reflexão de valores. Critiane Mesquita e Kathia Castilho 

katia e cristiana

Esta obra apresenta o universo da Moda sob a ótica de diversos teóricos e profissionais, sendo assim não se trata de um livro com capítulos contínuos, mas de interessantes e instigantes artigos e ensaios. São frutos de pesquisas realizadas em meios aos mais diversificados grupos sociais, desde crianças até os admiradores do funk carioca, sempre havendo em cada reflexão, uma análise quanto ao corpo, à moda e a ética, ou seja, como cada autor “enxerga” os mesmos em cada abordagem científica. Vale muito a pena a leitura de cada artigo deste livro, especialmente porque em cada um deles, existe um pedacinho de nosso cotidiano descrito de maneira interativa.

4.O LUXO ETERNO- DA IDADE DO SAGRADO AO TEMPO DAS MARCAS. Gilles Lipovetsky e Elyette Roux

gilles e elyette

O presente livro tem como principal foco esmiuçar o luxo enquanto conceito constante e desejado no âmbito da Moda. Lipovetsky e Roux, relatam os prismas que o luxo é visto pela sociedade, desde as camadas abastadas até a grade massa populacional e quais as influências que este suntuoso conceitos possui sobre os períodos históricos e sobre o mercado da moda o equiparando ao sagrado.

5. Ronaldo Fraga – Caderno de Roupas, Memórias e Croquis. Ronaldo Fraga.

Ronaldo-Fraga-

Um livro maravilhoso, que apresenta as principais criações por um dos estilistas mais aclamados do cenário de moda brasileiro: Ronaldo Fraga. Em cada página, primorosamente elaborada, é possível ver cada estudo, croqui, anotações e uma dose de poesia que regou com criatividade e irreverência cada coleção do estilista. Vale a pena tê-lo como obra inspiradora e também a título de coleção, uma vez, que Ronaldo Fraga tem escrito a história da moda brasileira com cores e cultura!

 

Andy Warhol: A ligação entre o rei da pop art e a moda

Todo mundo sabe que Andy Warhol sempre foi um visionário, o empresário, pintor e cineasta norte-americano, foi uma das maiores figuras do movimento de pop art. Mas sua influência vai muito além daí, Warhol tinha uma relação com a moda muito antes de ganhar fama com a pop art.
Na década de 1950, ele trabalhava na criação gráfica da revista Harper Bazaar e contribuía com ilustrações lunáticas de saltos delicados e produtos de beleza coloridos.
A autora Amanda Mackenzie Stuart escreveu outrora que Diana Vreeland, a então editora de moda da revista, e seus colegas da Harpers Bazaar o chamavam de “Andy Paperbag” porque o socialmente desajeitado Warhol levava suas ilustrações para os escritórios em um saco de papel.
Ao final da década seguinte, em 1969, quando ganhou fama por suas latas de sopa Campbell, Andy decidiu criar a revista que se tornaria, como Stuart escreveu: “o veículo para o desenho da jovem, o famoso, o rico, e o interessante em órbita de Warhol.” E aí nasceu a “Interview” a publicação norte-americana apelidada de Bola de cristal do pop onde conversas íntimas entre algumas das maiores celebridades, artistas, músicos e pensadores criativos do mundo e criando um novo estilo de reportagens sobre as novidades da moda e cultura.
Warhol faleceu em 1987 mas deixou para trás um legado que atrai as personalidades mais famosas do mundo – de Richard Phillips até Kate Moss.
Além disso o artista matinha um estilo marcante: fã da cor preta (principalmente em looks monocromáticos e em golas altas), e camisas de listras horizontais e sempre acompanhado de um par de óculos escuros de lentes arredondadas e uma cabeleira loira arrepiada, ele não passava despercebido.

As tendências de moda das décadas passadas

Logo, logo vamos começar a acompanhar as semanas de moda nacional, e ver tudo o que promete ser tendência nos próximos meses. Mas vocês já pararam para pensar sobre o que foi tendência há algumas décadas atrás? Pois é nossa equipe parou, e fez aqui um levantamento do que foi “O grito da moda” nos anos 1950, 1960, 1970, 1980, 1990 e 2000. Quem tiver um pouquinho mais de idade vai relembrar de peças maravilhosas que tinham no guarda roupa e as mais novinhas vão poder contextualizar de onde vem muitas das influências de moda que veem hoje em dia. Confira a galeria abaixo e divirta-se:

1950

1960

1970

1980

1990

2000

As Armas inofensivas de Sonia Rentsch

A artista australiana Sonia Rentsch, conhecida pela sua expertise em elaboração de conceitos inventivos em cenas aparentemente sem esforço, mais uma vez chamou a atenção. Seu portfólio diversificado é repleto de fotos nítidas. Sonia que já produziu trabalhos para clientes como The Washington Post, Qantas, Inside Out, ganhou a publicação Medium Rare, é  formada pela Universidade RMIT em Desenho Industrial em 2002, tem a capacidade de montar cenas inteligentes, bem-humorado, utilizando objetos comuns, como uma maçã, plantas, alimentos.

Em seu novo projeto chamado Harm Less  a artista neutraliza os poderes do armamento moderno através da construção de armas, granadas e balas completamente a partir de objetos orgânicos. A forma de cada peça é realmente convincente e evidência cada planta escolhida para assemelhar-se aos armamentos.

Vale a pena conferir a criatividade dessa artista incrível:

rentsch-1

rentsch-2

rentsch-3

rentsch-4

rentsch-5

rentsch-6

No link você pode conferir o portfólio completo de Rentsch.

A arte imita a Alexa ou Alexa imita a arte? Confira a conta no Instagram que mostra a semelhança entre Alexa Chung e obras de arte

Que Alexa Chung é uma musa para quem se interessa por moda todo mundo já está cansando de saber. Afinal não é de hoje que a it girl/apresentadora/escritora/designer/socialite/o que ela quiser ser, circula pelo mundo fashion sempre lançando moda e nos encantando com a sua personalidade multifacetada e criativa.

Mas a novidade da vez que traz o nome de Alexa não foi criada por ela, recentemente ela tem inspirado uma conta no Instagram que resolveu comparar algumas de suas fotos com obras de arte. A ideia é uma espécie de homenagem que mostra a ligação desproposital que Alexa tem também com pinturas famosas. O resultado mostra um olhar mais atento, sobre a imagem que a menina que se tornou popular principalmente por seu estilo comparada à objetos de arte.

Na conta intitulada @Artlexachung, fazendo um trocadilho com o material apresentado e o nome da garota, você vai encontrar diferentes pinturas antigas e modernas postas em contrate com fotografias de Alexa Chung, que revelam que a protagonista tem atitude e comportamento que realmente coincidem com obras de artes, e talvez seja por isso que Alexa nos encanta tanto! Confira algumas das imagens na galeria:

Tem gente da moda no ArtRua 2015

melk zda (3)

O estilista pernambucano e queridíssimo da nossa redação Melk Z-Da, que já participou de um editorial nosso fotografado durante o último Dragão Fashion em Fortaleza (clica aqui pra ver!), está mostrando outra faceta sua, por muitos desconhecida, como artista plástico. É bem verdade que suas peças já podem ser consideradas como arte, visto que têm um rico trabalho manual que produz uma estética bela, encantadora e cheia de conceito, e que ele já flerta com esse universo há bastante tempo, em seu ateliê você pode encontrar nas paredes, croquis, painéis e texturas feitas pelo próprio estilista. Mas desde o semestre passado, quando participou da exposição comemorativa ao aniversário da Galeria Joana D’Arc (espaço em Recife com lojas, bares e restaurantes) realizada pela Nuvem, produtora e agenciadora de artistas visuais comandada por Claudinha Aires e Guga Marques, que Melk mergulhou ainda de vez no mundo das artes plásticas. Para o ArtRua, ele levou dois quadros que fazem parte da série “Ruivas” e que são chamados de “ilustra couture” pelo artista, pois são ilustrações em aquarela e tinta acrílica com aplicações e bordados sobre tela. Uma riqueza! Seu trabalho está exposto no stand da Nuvem desde ontem no Galpão da Cidadania na Gamboa, centro do Rio de Janeiro, e fica até dia 13 deste mês.

 

 

 

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes