Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Category Archives: Entrevistas

Swarovski busca público masculino

Made_With_Crystallized_Swarovski_ElementsPor meio da marca Crystallized Elements e parcerias com grifes asiáticas, a Swarovski está ampliando sua gama de produtos investindo no guarda-roupa masculino.

Isso mesmo, a famosa grife de cristais aplicou pedrarias em peças tradicionais masculinas como cintos, camisas, calças, camisetas, tênis e até gravatas-borboleta na pretensão de incentivar um novo uso para seus cristais.

A iniciativa surge em um bom momento, em que as coleções masculinas estão apresentando inspiração em peças e shapes habitualmente femininos, vide os homens de saia da Prada e os vestidos masculinos de João Pimenta. A influência promete revolucionar a forma do homem do século XXI e a Swarovski não quer perder esta oportunidade.

De acordo com Markus D. Lamp, vice-presidente da marca, o projeto faz parte de um plano de democratização da marca, ampliando o mercado, não mais focando apenas no luxo. No começo de 2010 haverá apresentações para varejistas dos EUA e da Europa para poder viabilizar efetivamente a idéia. Já está em andamento um estudo para projeto semelhante para as mulheres, enquanto isso, elas podem aguardar uma releitura do clássico vestido “pretinho básico” que já está confirmada.

“Ler Jour D´Avant” de Loic Prigent.

Image-31O que acontece no back stage de um desfile de moda? Para mostrar de uma forma mais aprofundada, o diretor Loic Prigent, que já produziu filmes como “Signé Chanel” e “Marc Jacobs & Louis Vuitton”, prepara um novo documentário para o canal de TV francês Arte, intitulado “Ler Jour d´Avant”. As Maisons da Fendi, Jean Paul Gaultier, Sonia Rykiel e Proenza Shouler foram os convidados para protagonizarem o documentário de quatro episódios, que mostrará o corre-corre, algumas curiosidades dos designers e tudo o que acontece nas 48 horas que antecedem o desfile.

Agitação, euforia, entusiasmo, stress, as dúvidas de última hora…Loic Prigent capta as emoções dos designers durante os preparativos finais de um evento que representa para ele seis meses de trabalho. A busca pela perfeição e a visível tensão nos ateliês onde se finalizam os últimos detalhes das peças, etc.

A moda continua sendo um universo muito fechado, mas com o olhar de Prigent mostra o que muitos desconhecem: a fantasia e o esplendor que caracterizam o universo fashion.

Cada episódio terá 52 minutos e será exibida na França no canal Arte, todas as quintas-feiras, as 22h00minh, do dia 14 de janeiro ao dia 04 de fevereiro. Caso não tenha oportunidade em assisti-los, em fevereiro será lançado um DVD com todos os episódios.

Datas das exibições:

14 de janeiro 2010: Fendi
21 de janeiro 2010: Jean-Paul Gaultier
28 de janeiro 2010: Sonia Rykiel
04 de fevereiro 2010: Proenza Schouler

London Fashion Week

londonfashionA semana de moda mais vanguardista do mundo, a London Fashion Week, anunciou as datas para a próxima temporada de inverno (2010/2011), para fevereiro do ano que vem. Os desfiles acontecerão de 19 a 24 de fevereiro, na Sommerset House, em Londres, com o último dia dedicado exclusivamente a moda masculina.

Para a próxima edição, a semana de moda londrina contará com a Burberry Prorsum, com Christopher Bailey e Matthew Williamson, que retornaram ao evento inglês na temporada passada. Nesta edição ainda poderá ser apreciado desfiles de Vivienne Westwood, Paul Smith, Nicole Farhi, entre outros.

O evento ainda contará com uma programação voltada aos novos talentos, o BFC NewGen, que lançou nomes como Alexander McQueen, Giles Deacon e Boudicca.

Revista MAG!

i161976 (1)Respirando uma atmosfera amazônica, onde cores fortes, cheiros e sabores são intensos e representam o que há de mais característico no estado do Pará, – a Luminosidade (empresa responsável pela realização da São Paulo Fashion Week, Fashion Rio e Rio Summer) lançou ontem, em Belém, a edição de dezembro da revista Mag!.

Com o tema “Luxo Sem Medida”, a publicação buscou retratar a capital paraense que já foi considerada a Paris n’América, nos áureos tempos de ascensão do ciclo da Borracha, mas que hoje, apesar da modernidade de que desfruta, ainda sustenta nas ruas, de casarões antigos e desgastados pela ação do tempo, muito do requinte de antigamente. Para isso, a equipe da revista, tendo à frente o publisher Paulo Borges, se transportou de “mala e cuia” (termo usado pelos paraenses para dizer que viajou de mudança completa para algum lugar) para Belém do Pará, onde fotografou ensaios de moda com paraenses famosas, como a top Caroline Ribeiro e a cantora Fafá de Belém. Joelma, vocalista da Banda Calypso, também é estrela desta edição que conta ainda com uma bela entrevista em dose dupla, feita com os mestres das agulhas da moda brasileira, os estilistas paraenses André Lima e Lino Villaventura. Outro ícone fashion evidenciado, através de um texto escrito por Carlos Alberto Dória, é o lendário Dener Pamplona de Abreu, que nasceu em Soure, na Ilha do Marajó (PA) e morou em Belém, de onde saiu para ser protagonista do início da constituição da moda brasileira, nos anos 60. Foi Dener quem lançou o bordão que é sucesso até hoje: “um luxo!”.

O lançamento da Mag! dezembro aconteceu em meio a um concorrido coquetel, no recém-inaugurado Boulevard Shopping, o terceiro da capital, com direito a show da Fafá e outros ícones da música local como Dona Onete e Eloy Iglesias.

Joelma apresenta seu closet em ensaio fotográfico para edição luxo

Luxo – A idéia de retratar o conceito do luxo já fazia parte do projeto-editorial da Mag! desde o comecinho de 2009. Paralelamente a isso, Graziela Peres, diretora de criação da revista, tinha uma imensa vontade de entrevistar a cantora Joelma que, ao lado do marido Chimbinha, vem sacudindo o Brasil ao ritmo do calipso e chamando a atenção com o seu figurino ousado, extravagante e inspirado na Amazônia. “Levei ao Paulo Borges a idéia de aliar esse desejo ao luxo de Belém, a Paris n’America brasileira, ao mesmo tempo em que o mercado da moda, principalmente o universo luxuoso das grandes grifes, era surpreendido pela crise econômica mundial”, disse Graziela.

A essa altura Belém já não era nenhuma novidade no currículo de viagens de Graziela. Ela já conhecia um pouco da região a ponto de identificar o luxo presente na floresta, na música, na cultura, nas comidas, no calor de rachar e em outras características que muito bem representam a capital do Pará. “Fomos atrás de pessoas que conhecessem bem o local e iniciamos um trabalho de pesquisa. Uma dessas pessoas foi o jornalista Júnior Braga, que nos ajudou a identificar os lugares, as pessoas ideais para entrevistar, enfim, a captar o espírito da cidade. O trabalho de fotografia dos editoriais começou em setembro passado”, contou. O resultado disso você confere nas paginas de Mag! que já está na bancas de todo o Brasil, Paris e Lisboa.

Em meio a tanto sucesso, a Mag! dedicada à cultura paraense já rende frutos. Em setembro de 2010 a moda nacional voltará novamente seus holofotes ao Pará, garante Paulo Borges. “Vamos estar de volta à Belém para a realização de um evento com desfiles e exposições cujo tema é a sustentabilidade”. Para Borges a moda sustentável, voltada para o trabalho artesanal, reaproveitamento e uso de fibras naturais e sementes é o futuro da moda, ainda que pouco difundida atualmente. “Pouca gente trabalha com a moda sustentável no Brasil como por exemplo o Lino Villaventura e a Isabela Capeto. Mas isso ainda é uma sementinha que estamos plantando, regando e que ainda vai crescer e florescer”, disse Paulo. O evento, segundo ele, tem parceria com o Shopping Boulevard de Belém. Vamos aguardar!

Em cena, Caroline Ribeiro – A top internacional voltou às origens num ensaio de 50 páginas realizado pelo fotógrafo Gui Paganini e pelo stylist Paulo Martinez.

Uma semana após a famosa festa do Círio de Nazaré, Caroline Ribeiro e a equipe de Mag! enfrentaram uma maratona de cinco dias de trabalho quase ininterruptos, das 5 da manhã às 22 horas, em diversas locações entre Belém, Santa Izabel e o distrito de Icoaraci. Em paisagens como casarões e ruas antigas como as do bairro da Cidade Velha, em Belém, e em meio à vegetação amazônica do Retiro Moema, em Santa Izabel, Caroline reviveu o passado numa terra que nunca abandonou. “Mesmo morando fora há anos venho a Belém uma vez por ano, minha família está toda aqui”, ressaltou.

Quanto às imagens do ensaio fotográfico nem precisa dizer que Carol representou muito bem o luxo amazônico. Na foto da capa de Mag! estão presentes todos os ícones dessa atmosfera: cores fortes, o brilho e o sabor de uma gostosa manga, o fruto mais marcante da região e que deu o apelido à Belém de “cidade das mangueiras”.

Após desfrutar o sucesso nas páginas de Mag! Caroline Ribeiro continua fazendo sucesso como VJ da MTV, desfilará na São Paulo Fashion Week em janeiro do ano que vem e em março estrela ao lado de Isabeli Fontana e Ana Beatriz Barros a nova campanha da C&A.

Estilistas from Amazônia – Eles surgiram no cenário da moda em épocas distintas. Lino Villaventura na década de 70 e André Lima dez anos depois. Mas o que compara esses dois estilistas além da origem paraense? Sem dúvida a forma de enxergar a moda de uma maneira carregada de impressões visuais da infância e adolescência vividas na Amazônia e ao mesmo tempo mescladas com um olhar cosmopolita e contemporâneo.

André Lima não se diz regionalista e nem possuir em seu trabalho traços indígenas ou marajoaras. Ele afirma possuir um olhar intenso, acostumado a captar cores marcantes que são uma das características da Amazônia. “Se vou criar uma coleção inspirada no Japão, meu olhar vai fitar a essência e intensidade das estampas fortes daquela região”.

Lino Villaventura: a densidade das cores amazônicas está presente em suas coleções

Lino Villaventura é a mais perfeita tradução da influência amazônica e faz questão de assumi-la, embora também a cultura nordestina esteja presente em seu trabalho. Aliás, foi em Fortaleza, na década de 70, que ele iniciou no mercado da moda, ao lado de sua sócia e esposa, Inês. “A Amazônia é muito forte nas minhas coleções, onde as cores e as texturas são densas, enquanto no universo cultural da Nordeste elas se mostram mais fortes. Essa mistura amazônica e nordestina está presente no meu trabalho”, ressalta.

Quer saber mais sobre esses grandes estilistas brasileiros? Confira a entrevista da revista Mag! por Bronie Lozneanu e fotos de Marcos Vilas Boas.


Patachou no Fashion Rio

logo_patachouEm entrevista exclusiva para o Closet On Line via e-mail, o gerente de marketing da grife Antônio Fonseca conta um pouco sobre o convite e a importância dos eventos de moda brasileiros para a Patachou .

Closet On Line – A Patachou já fez parte do line-up do SPFW e a última participação da grife foi na edição de verão 2007. Qual foi o motivo pelo qual a grife saiu do line-up do evento paulista e como surgiu o convite para voltar a desfilar no ano que vem no Fashion Rio?

Patachou – O Paulo Borges ligou para a Sandra Pires e marcou um encontro no qual a convidou pessoalmente. A Patachou gostou muito do convite. Estamos cheios de energia e querendo mostrar a atual Patachou para o público. E por que o Rio? O Rio é a grande novidade, é um frescor, a cidade do momento, vai sediar as Olimpíadas. Além disso, temos duas lojas na cidades: uma no Barra Shopping e outra no Rio Design Barra. Outra preciosidade do Rio é o fato da feira de negócios, Rio-à-Porter, que ocorre junto com os desfiles.

COL – O Fashion Rio e o São Paulo Fashion Week são os maiores eventos da moda brasileira. O que significa para a Patachou participar do calendário carioca e quais os benefícios/visibilidade essa inclusão traz para a marca?

P – Sim, os desfiles do FR e SPFW são os maiores eventos, mas o MTP – Minas Trend Preview não está ficando para trás. A Patachou tem 13 lojas em todo Brasil (BH, Rio, Brasília, Campinas, Goiânia, Cuiabá, Manaus, Salvador e Belém), entre lojas próprias e franquias e mais 250 pontos de venda multimarcas. Participar de eventos desse porte é importante pela grandiosidade do negócio. As revistas de moda praticamente só se interessam por marcas que desfilam. Há uma divulgação muito importante, o consumidor final assiste e deseja o produto desfilado.

COL – O que pode ser revelado sobre a coleção que será desfilada em janeiro? Quais novidades a marca vai trazer para o inverno 2010?

P – A primeira etapa do inverno já foi apresentada no Minas Trend Preview desse ano. Vamos dar continuidade a esta temática que foi mostrada, porém investindo mais nos tricôs e tramas.

* O Closet esteve presente no desfile da marca no MTP em novembro, que trouxe uma coleção composta por peças com força e leveza. Inspirada por contradições climáticas, a coleção de inverno 2010 da Patachou buscou nos elementos da natureza algumas características que remetem à mulher contemporânea. Correntes, brilhos metalizados, tachas e ombros marcados foram o referencial da coleção, em contrapartida à leveza dos tecidos e peças desestruturadas.

COL – O Minas Trend Preview está chamando atenção e se destacou entre os grandes eventos do calendário de moda brasileira nesse ano. A Patachou é uma importante presença no evento mineiro, que além de apresentar um preview do que será visto na próxima estação, traz também o Salão de Negócios. Qual o retorno obtido pela marca através da participação no salão? E sobre os compradores?

P – O volume de negócios é excelente. O mix da coleção é dividido em duas etapas: a do MTP e o inverno que estará na feira do Rio-à-Porter. Nossos clientes sabem que a compra nesta data da primeira etapa é importante para que o produto esteja na loja no lançamento da temporada, no caso do inverno, no final de fevereiro/início de março. O inverno acaba sendo uma complementação. Sempre vendemos mais nessa primeira etapa. O sucesso da feira são os compradores que vêm às compras para terem marcas como a Patachou na virada da coleção, sucesso dos lançamentos da temporada.

Entrevista feita por Juliana Lima direto de Belo Horizonte/BH

Patachou no Fashion Rio

logo_patachouEm entrevista exclusiva para o Closet On Line via e-mail, o gerente de marketing da grife Antônio Fonseca conta um pouco sobre o convite e a importância dos eventos de moda brasileiros para a Patachou .

Closet On Line – A Patachou já fez parte do line-up do SPFW e a última participação da grife foi na edição de verão 2007. Qual foi o motivo pelo qual a grife saiu do line-up do evento paulista e como surgiu o convite para voltar a desfilar no ano que vem no Fashion Rio?

Patachou – O Paulo Borges ligou para a Sandra Pires e marcou um encontro no qual a convidou pessoalmente. A Patachou gostou muito do convite. Estamos cheios de energia e querendo mostrar a atual Patachou para o público. E por que o Rio? O Rio é a grande novidade, é um frescor, a cidade do momento, vai sediar as Olimpíadas. Além disso, temos duas lojas na cidades: uma no Barra Shopping e outra no Rio Design Barra. Outra preciosidade do Rio é o fato da feira de negócios, Rio-à-Porter, que ocorre junto com os desfiles.

COL – O Fashion Rio e o São Paulo Fashion Week são os maiores eventos da moda brasileira. O que significa para a Patachou participar do calendário carioca e quais os benefícios/visibilidade essa inclusão traz para a marca?

P – Sim, os desfiles do FR e SPFW são os maiores eventos, mas o MTP – Minas Trend Preview não está ficando para trás. A Patachou tem 13 lojas em todo Brasil (BH, Rio, Brasília, Campinas, Goiânia, Cuiabá, Manaus, Salvador e Belém), entre lojas próprias e franquias e mais 250 pontos de venda multimarcas. Participar de eventos desse porte é importante pela grandiosidade do negócio. As revistas de moda praticamente só se interessam por marcas que desfilam. Há uma divulgação muito importante, o consumidor final assiste e deseja o produto desfilado.

COL – O que pode ser revelado sobre a coleção que será desfilada em janeiro? Quais novidades a marca vai trazer para o inverno 2010?

P – A primeira etapa do inverno já foi apresentada no Minas Trend Preview desse ano. Vamos dar continuidade a esta temática que foi mostrada, porém investindo mais nos tricôs e tramas.

* O Closet esteve presente no desfile da marca no MTP em novembro, que trouxe uma coleção composta por peças com força e leveza. Inspirada por contradições climáticas, a coleção de inverno 2010 da Patachou buscou nos elementos da natureza algumas características que remetem à mulher contemporânea. Correntes, brilhos metalizados, tachas e ombros marcados foram o referencial da coleção, em contrapartida à leveza dos tecidos e peças desestruturadas.

COL – O Minas Trend Preview está chamando atenção e se destacou entre os grandes eventos do calendário de moda brasileira nesse ano. A Patachou é uma importante presença no evento mineiro, que além de apresentar um preview do que será visto na próxima estação, traz também o Salão de Negócios. Qual o retorno obtido pela marca através da participação no salão? E sobre os compradores?

P – O volume de negócios é excelente. O mix da coleção é dividido em duas etapas: a do MTP e o inverno que estará na feira do Rio-à-Porter. Nossos clientes sabem que a compra nesta data da primeira etapa é importante para que o produto esteja na loja no lançamento da temporada, no caso do inverno, no final de fevereiro/início de março. O inverno acaba sendo uma complementação. Sempre vendemos mais nessa primeira etapa. O sucesso da feira são os compradores que vêm às compras para terem marcas como a Patachou na virada da coleção, sucesso dos lançamentos da temporada.

Entrevista feita por Juliana Lima direto de Belo Horizonte/BH

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes