Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

A História das Revistas de Moldes

2

Antes de existir o ready-to-wear, as mulheres reproduzaim as peças que viam em revistas de moda costurando em casa ou mandando em costureiras. Nesse contexto, a alemã Aenne Burda começou a vender moldes para as pessoas, ajudando assim o processo de confecção dos próprios vestuários. Com o sucesso da venda dos moldes, surge a revista “Burda”, em 1950.

No Brasil, essa publicação só está disponível em bancas especializadas em revistas de costura, tricô e crochê, e não há edição brasileira. Porém, a revista de moldes (que foram o mote de sucesso dessa publicação), não é famosa só na Alemanha, como nos 89 países nos quais é distribuída, em 19 línguas. Tanto sucesso gera cerca de 1,85 bilhão de euros anuais.

1

Anne Burda morreu aos 96 anos, em 2005 e hoje a administração da empresa conta com a liderança de seu filho Hubert Burda.

Poucos sabem, mas as revistas de Molde tem uma importância na Moda brasileira muito maior do que lhe é conferida no cenário fashion atual. Em 1959, a Editora Abril lançou a primeira revista de Moda do Brasil, a Manequim. Antes da existência de todas as outras que hoje são um sucesso, Sylvana Civita, esposa do fundador da Abril, foi encarregada de cuidar da edição feminina, sob o briefing: uma revista que conversasse com a mulher brasileira sobre Moda.

“Vou contar-lhe uma história da qual me lembro como se fosse ontem: meu marido Victor chegou para mim e disse simplesmente: Sylvana, no Brasil não tem nenhuma revista de moda. É oportuno fazer uma. Aliás, você vai fazer uma! Era 1959. Um pouco amedrontada, mas entusiasmada com o desafio, não tive outro jeito, arrumei as malas e fui para a Europa fazer um estágio em várias editoras que publicavam revistas de moda e, na volta, nasceu Manequim”. (Sylvana Civita – São Paulo, agosto de 1984).

2

As fotos e os moldes eram todos baseados na cultura editorial europeia, o que as vezes criavam contradições do tipo: roupas muito invernais na capa da revista, que nada tinha a ver com nosso clima aqui no Brasil. E assim foi até a década de 1970.

As capas da revista contavam com um casting estrelado, como Eva Wilma (julho/1959) e os moldes do vestido e enxoval de noiva de Briggitte Bardot (dezembro/1959).

A partir da década de 70, a revista começa a acompanhar mais a realidade da mulher brasileira e como essa mulher começa a se jogar no mercado de trabalho, há muitas referencias de tailleurs, blazers , calças e camisas.

Hoje a temática principal da revista é trazer tendências diluídas e looks de celebridades para ser reproduzidas em seus moldes. A produção desse tipo de revista é muito mais difícil porque é necessário convencer os estilistas a ceder os moldes de suas criações.

3

A Manequim hoje consegue sobreviver bem no competitivo mercado editorial brasileiro, e existem outras publicações de reconhecimento nessa área, como Moda Moldes e Moda & Cia, que vão na contra-mão do pret-à-pôrter.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes