Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

O fast fashion dentro do consumo globalizado

consumo

CONFESSIONS-OF-A-SHOPAHOLICCena do filme “Confessions of a shopaholic” de 2010

O consumo é a base da sociedade capitalista na qual vivemos logo é um dos fatores que mantém viva a economia mundial. E a moda é ligada diretamente ao consumo e, hoje quando se fala em consumo de moda, de imediato,  lembramos dos fenômenos dos “fast fashion”.

O fast fashion, é o termo usado para definir as grandes lojas que possuem uma produção contínua de novidades com preços acessíveis e tem como objetivo sanar os anseios do consumidor globalizado de forma rápida (como o nome sugere). Antes a moda tinha um ciclo longo, onde as coleções eram lançadas e demoravam certo tempo até que o mundo todo tivesse conhecimento do que era a “tendência” da vez. Hoje a informação é absorvida quase que instantaneamente (um beijo pra internet que nos mostra tudo em tempo real), e os fast fashions acompanham os desejos de consumo na velocidade com que as tendências vão surgindo.

A ideia desse tipo de comercialização surgiu na Europa por parte das grandes redes varejistas, como H&M, Zara e Top Shop. Mas já é uma realidade em todos os países, e no Brasil especialmente esse mercado está se tornando cada vez mais crescente.consumo

Sabemos que no mundo atual a relação que os consumidores têm com as marcas não é mais a mesma da que no auge do prêt-à-porter. As pessoas se dão mais liberdade para escolher o que querem usar, sem depender se é da marca “X” ou “Y”, das quais costumam ser clientes.

O escritor italiano Enrico Cietta, fala no seu livro “A Revolução do Fast-Fashion” (nós indicamos), que “O fast-fashion é, sem dúvida alguma, no setor da moda, o modelo produtivo/distributivo de maior sucesso nos últimos anos”, mas também pontua que o sucesso dessas empresas é ligado como uma capacidade de abastecer o mercado em curtos prazos, o que a identifica como um segmento de mercado que produz um tipo de produto de baixo nível qualitativo, portanto assim não se compara ao sistema do prêt-à-porter, mas Enrico defende que o fast fashion não é apenas um negócio de copiadoras e nem um modelo de produção para segmentos de baixo escalão. É uma revolução e que a velocidade não é o único fator que faz com que esse mercado cresça cada vez mais, mas também o envolvimento com o consumidor, já que esse é o maior responsável por decidir o que vai estar nas araras das grandes magazines.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes