Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Cinto de Castidade – História e Curiosidades

C2

C2

Em pleno século XIX, de tantas liberdades, pluralidades e diversidade, é difícil pensar que o cinto de castidade já existiu. Cinto de castidade, pra quem não sabe, é um acessório usado para impedir a mulher de realizar o ato sexual, e hoje em dia, graças a evolução da humanidade, esse acessório caiu em desuso no mundo ocidental desde o fim da Era Feudal.

O objeto trata-se de um cinto com alça metálica, que passava entre as pernas e cobria toda a genitália feminina, e era trancado com uma chave que ficava no poder do marido da usuária.

Mas a questão é quem inventou e por que existiu tal acessório? Sem nenhum cunho de moda e nenhuma intenção de adorno, esse cinto nasce do ciúme e da obsessão masculina de manter sua esposa vivendo sob suas vontades, e não as dela.

C1

Desde século XI, quando os homens iam para as Cruzadas (longas navegações, que os mantinham um longo período de tempo longe de casa e da família), eles queriam se assegurar de que as suas mulheres não iriam trair, dai inventaram essa estupidez para manter suas esposas fiéis e garantir que seus filhos seriam realmente deles, já que na época não existia nem exame de DNA e nem nenhum outro meio de comprovar paternidade.

O cinto foi bastante usado durante a Idade Média pelos senhores feudais, e com o tempo, esse invento parou de fazer sentido na medida que o homem amadureceu seu pensamento, sua visão da mulher e sua posição na sociedade, que vem cada vez mais indo rumo a uma posição de igualdade e respeito mútuo.

Hoje em dia, o cinto de castidade ganha versões fetichistas que vira e mexe inspiram coleções e temáticas de editoriais e campanhas de Moda.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes