Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Conheça um pouco mais sobre o artista excepcional François Lesage

lesage_2073702b

lesage_2073702b

Nascido em 31 de março de 1929 em Paris, Lesage teve uma relação intima com a moda desde cedo. A Casa Lesage, que já existia desde 1924, foi fundada por seus pais. Sua mãe, Marie-Louise Favot, foi modelista da incomparável Madeleine Vionnet. Trabalhou um bom tempo na empresa da família, até que decidiu trocar Paris por Los Angeles, e abrir seu próprio ateliê, na Sunset Boulevard. Seu talento foi reconhecido pelas estrelas mais importantes da época. Com o fim da guerra, em 1949, Lesage aproveitou o grande período de efervescência que a moda francesa estava passando e  voltou à Paris para assumir a direção da Maison Lesage. Durante estes anos de pós –guerra, Lesage lançou coleções próprias, que muito agradaram os grande estilistas da época, como Pierre Balmain, Cristobal Balenciaga e Jacques Fath.

Com o grande sucesso em Paris, Lesage passou afazer uso tanto de novas matérias-primas, sem deixar o clássico de lado.  Sua clientela cresceu e passou a incluir grifes como Lanvin, Givenchy, Dior e Yves Saint Laurent.

Lesage trabalhou por mais de 50 anos no mundo da moda, colaborando para nomes como Christian Lacroix, Dior, Valentino e Dolce & Gabbana. Como nos contou José Gayegos, “muitos bordados de costureiros famosos, não foram criados por eles, mas por Lesage, que fazia amostras aleatórias e mandava para as maisons. Ou então, eles mandavam um tema pra ele desenvolver. Depois os costureiros criavam modelos à partir daquelas amostras.”

O ministro da Cultura francês, Frédéric Mitterrand, concedeu a ele o título honorário de Maître d’Art (ou Mestre das Artes, em português). Alguns dias após sua nomeação, o mestre elegeu seu sucessor, Hubert Barrère, também bordadeiro e especialista em corseteria.

Dotado de um talento incomensurável, Lesage colaborou ainda com o sapateiro Roger Vivier em muitas de suas criações, como por exemplo nas botas longas “Mimosa”.

Por todo o século XX e até os dias atuais, os bordados Lesage sempre foram presença obrigatória nas coleções de alta-costura dos grandes mestres da moda francesa

Ao longo dos últimos 30 anos compartilhando criações, Lagerfeld e Lesage tornaram-se íntimos. “Não conheço moda sem bordado e nem bordado sem Lesage”, costumava dizer Lagerfeld.

O talento de Lesage ainda é muito reconhecido, não somente no mundo fashion. Entre os trabalhos mais célebres do artesão, podemos citar os bordados da casula e mitra do papa João Paulo II.

Entre os feitos mais recentes, se destacou no trabalhou feito para a coleção da Chanel com inspiração no Império Bizantino, com roupas e acessórios bordados com pedras. Outra criação assinada pelo atelier é o bordado do tão comentado vestido de noiva da princesa Kate Middleton, concebido por Sarah Burton.

lesage_2073702b

Em 2002, Channel adquiriu o ateliê Lesage. Essa compra permitiu que ele se desenvolvesse sem perder a independência.. Hoje a lista de clientes de François Lesage inclui tanto Dior quanto Yves Saint-Laurent ou Dolce & Gabanna. E, para garantir o êxito comercial da empresa, o mestre bordador soube aliar o prêt-à-porter de luxo à alta costura.

Lesage criou em 1992 uma escola de bordado anexa à maison Lesage. Ela recebe estudantes do mundo inteiro, passando a arte do bordado para outras gerações.

E junto com o talento de Lesage, ele ainda era uma pessoa excepcional. Sempre foi sério e visionário, porém, nunca deixou de ser afável, simpático e nada pretensioso.

lesage_2073702b

Além da moda, o legado de Lesage também se espalhou para outros campos pois desde 1993, seu filho Jean-François Lesage é dono da Madras, uma empresa especializada em bordados para tecidos de decoração.

Jean-François Lesage morreu no dia 31 de Novembro de 2011. A notícia foi divulgada pela Chanel. O artista morreu em Paris, aos 82 anos.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes