Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Sexo e Mídia: Campanhas de apelo sexual vendem mais produtos?

brooke-shields-calvin-klein940

Tudo começou com a icônica campanha da Calvin Klein, estrelado pela ainda adolescente Brooke Shields, com slogan bastante polêmico que dizia “Você quer saber o que há entre o meu Calvin e eu? Nada”, a propagando dos anos 1980 acendeu o debate sobre esse questão.

brooke-shields-calvin-klein940Calvin Klein

O conservadorismo de TVs americanas como CBS e NBC continua, mas anúncios como os da Abercrombie & Fitch, vídeos da Lady Gaga, sites da web e reality shows como o programa como BBB (Big Brother Brasil) e A Fazenda bombardeiam os consumidores com imagens de forte apelo sexual. Apesar de serem mais explícitos que nunca, crianças e adolescentes raramente se chocam com tais imagens.

021Abercrombie & Fitch

Os marketeiros têm como público-alvo a faixa etária dos 8 aos 12 anos, que gerou um total de US$ 6,24 bilhões em vendas no setor de vestuário só em 2009 dentro disso US$ 407,8 milhões foram em roupas íntimas. Na faixa etária dos 13 aos 18 anos, os gastos totalizaram respectivamente US$ 25 bilhões e US$ 1,2 bilhão.

O apelo das roupas íntimas já atinge estas consumidoras que estão se vestindo de maneira cada vez mais provocante. Sutiãs com bojos que realçam os seios, tops tomara-que-caia, peças corsetadas, shortinhos com cortes masculinos e outras peças similares, com dizeres contendo forte conotação erótica.

Há uma sexualização das crianças e essas são extremamente sociáveis e conectadas, mais do que qualquer outra geração anterior, elas já nasceram  em um caldeirão tecnológico, o que lhes confere mais maturidade, inclusive em relação a imagens de anúncios com conotação sexual. As marcas e varejistas, porém, parecem relutantes em discutir os impactos causados nestas consumidoras.

32 (1)Jours Après Lunes

Imagens de estrelas como David e Victoria Beckham e Megan Fox para Emporio Armani, e de Kate Moss, Mark Wahlberg, Hilary Swank e Eva Mendes em roupas íntimas para Calvin Klein, fazem parte desta nova estratégia de marketing. Marc Jacobs e Tom Ford também se utilizaram desta abordagem mercadológica para criar uma aura sensual, para não dizer erótica, ao redor de suas marcas.

TOM5Tom Ford

O embate entre o que é moralmente aceitável e o que é imposto a estas consumidoras apenas com o intuito de aumentar as vendas continua. É um assunto que certamente dará muito pano para manga. E você o que acha disso?

Por André Monteiro

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes