Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Trending Topics: Jil Sander

jil-sander

Se o nosso já benquisto Trending Topics tivesse surgido há algum tempo, Jil Sander poderia estar entrando para ele pela terceira vez, no mínimo. Em sua grife homônima, ela ora deixa, ora volta à direção criativa, e sempre por desavenças com CEOs, o que, claro, não deixa de virar notícia.

Na manhã do último dia 24, a história se repetiu: a estilista, que havia retornado ao seu império em fevereiro de 2012, substituindo Raf Simons, anunciou novo desligamento por razões pessoais. Foi pauta, outra vez, dos mais diversos veículos de moda.

jil-sanderJil Sander, a designer dos Trending Topics desta semana ©Reprodução

Biografia

Em Wesselburen, cidade do distrito alemão de Dithmarschen, nascia, no ano de 1943, Heidemarie Jiline Sander, que, após formação em engenharia têxtil, vem a se tornar a lenda da moda minimalista – embora, antes, tenha trabalhado como editora de revista feminina. O título só se fixou mesmo após Sander ter aberto sua primeira butique, em 1968, para, então, dedicar-se à produção. É curioso, porém, que a primeira coleção da alemã, mostrada em Paris, mais limpa do que as locais, foi um fracasso; o reconhecimento começa a surgir é no final década de 70, quando seu estilo, ainda afastado de forjar um império de negócios, se transfere para o dinástico e inclui ombros largos, de modo a agradar inclusive o designer “rei das ombreiras”, Claude Montana.

jil-sander-near-store-1968Jil na inauguração de sua loja de Hamburgo, em 1968 ©Reprodução/Hans Rudolf Uthoff

Nessa mesma época gloriosa, a estilista resolve se atirar no mundo dos cosméticos, lançando Pure Man e Pure Woman, seus primeiros perfumes. Por parceria com a gigante Lancaster, essa ação teve alto investimento em divulgação, resultando, portanto, num maior crescimento para a Jil Sander. Mais tarde, linhas de acessórios haviam surgido e novas fragrâncias foram desenvolvidas.spring-summer 1987-4-tileAlguns dos primeiros acessórios da Jil Sander ©Reprodução

A partir da década de 80, o sucesso da marca chegou ao ápice, e, em meados de 1990, quando suas apresentações estrearam em Milão, Jil lança uma nova coleção masculina. Mesmo que em fase de mudanças, sua unidade continuava a se concentrar mais em criatividade e design. Isso atraiu a ela muitos elogios por parte dos críticos, assim como premiações e uma fortuna capaz de enfrentar, sem prejuízos, a crise econômica da Ásia, onde sua casa, agora, já se fazia fortemente presente. De qualquer forma, uma parceira financeira se tornou necessária. Foi então que a Prada Group comprou uma participação de 75% da empresa, em 1999 – ano anterior à primeira saída da germânica de seu império, haja vista a recusa dela diante da padronização de modelos e do uso de materiais mais baratos propostos pelo CEO do grupo, Patrizio Bertelli.

jilsander133_v-contentgrossEstilista recebendo, em 1996, a Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha, das mãos do então presidente federal, Roman Herzog ©Reprodução

 

Os cortes de custos muito drásticos e a abordagem tradicional mais acessível da nova gestão levaram a Jil Sander a uma crise interna, que, fez com que, em maio de 2003, sua fundadora, nesse instante egressa da label, voltasse como designer e sócia. Comemorado por unanimidade e com muito alarde na imprensa internacional, tal retorno foi marcado pelo desenvolvimento de duas coleções mostradas em Milão, pela alteração de esboços na linha masculina, agora fixa e com Milan Vukmirovic como responsável, bem como pela reestruturação de algumas lojas. Entretanto, em novembro de 2004, após divergências insuperáveis ​​com Bertelli, Jil concordou em encerrar a cooperação com Prada e, mais uma vez, renunciou ao cargo.

Nesse período de desfalque, uma equipe de estilistas da própria marca foi formada para o desenvolvimento de novas coleções. Os ajustes slim, tão típicos da estética de Jil Sander (designer), foram, entretanto, ajustados aos tamanhos tradicionais.

Jil Sander minimalisme op zn mooist shalom harlow 1995

Shalom Harlow em campanha de 1995 que elucida a estética da estilista Jil Sander ©Reprodução

Em maio de 2005, Raf Simons, um designer industrial belga professor na Universidade de Artes Aplicadas de Viena, assumiu a direção criativa da maison, para desenvolver coleções masculinas e, pela primeira vez, femininas. E, em fevereiro do ano seguinte, a empresa passa da Prada Group para a britânica Change Capital Partners (CCP), por um negócio de aproximadamente US$ 120 milhões.

45de7e15b31b5859007dc7d0244cdf30Trabalho de Raf Simons sendo apresentado em seu último desfile para a grife de Jil Sander ©Reprodução

Depois de anos de hiato, no início de 2009, Jil anunciou a criação de sua própria empresa de consultoria de moda e colaboração com a Uniqlo do Japão chamada + J; sua primeira coleção nesse novo empreendimento foi para o Outono/Inverno 2009/2010, que, lançada mundialmente em 1º de outubro de 2009, ficou composta por cerca de 40 peças para homens e 100 para mulheres, incluindo casacos, jaquetas, malhas, camisetas e acessórios com a estética minimalista e cores recatadas típicas da designer. Em fevereiro de 2012, ela voltou à marca para sua terceira temporada no comando, substituindo Simons, que ocupou o posto deixado por John Galliano na Dior.

jil-sander-to-design-for-uniqloA alemã ao lado de Tadashi Yanai no fechamento de sua parceria com a Uniqlo ©Reprodução

Marcas registradas

Jil Sander ganhou vários epítetos com sua carreira na moda, tais como Queen of Less, Cashmere Queen, Master of Minimalism, Cool Blonde, Gentle-Jil e Fashion Reductionist. Ela é a criadora do estilo conhecido como Look Onion (Zwiebel-Look), que era aliado ao New Look, de Christian Dior.

sendung20679_v-contentgross-tileMomentos e trabalhos da vida de Sander ©Reprodução

A mulher da estilista se encaixa no perfil das executivas; sua indumentária é composta por terninhos perfeitamente cortados, casacos simples e elegantes ou blusas finas de materiais mais luxuosos nas cores cinza, preto, azul ou branco, o que deixa de fora, portanto, cores fortes, além de detalhes desnecessários e ornamentos extravagantes. Do panteão das celebridades, são destaques Jude Law, Kiera Knightley, Martha Stewart, Sigourney Weaver, Jerry Bruckheimer, Winona Ryder, Ellen Barkin, Marina Rust e Linda Evangelista.

Jil Sander minimalisme op zn mooist najaar 1992 campagne christy turlingtonAinda, Christy Turlington estrelando campanha de Outono 1992 que revela criação de Jil Sander ©Reprodução

Perfumes

Como dito, um dos fortes investimentos da Jil Sander (marca) em seus tempos mais áureos foi no mercado dos cosméticos. A criadora da marca firmou parceria com a Lancaster para o seu pontapé nessa empreitada, que não poupou de divulgação – inclusive com o rosto da própria nos anúncios de Pure Woman.

Abaixo, uma lista com todas as fragrâncias, ladeado de seus respectivos anos de lançamento.

1987 Jil Sander Woman 
1980 Jil Sander Woman Pure
1981 Jil Sander Man Pure
1981 Jil Sander Bath and Beauty
1981 Jil Sander Scent 79 Man
1981 Jil Sander Scent 79 Woman
1982 Jil Sander Man
1983 Jil Sander Woman 2
1985 Jil Sander Woman III
1988 Jil Sander Man 2
1989 Jil Sander Sun
1989 Feeling Man
1990 Jil Sander Nº 4
1991 Jil Sander Man 3
1993 Jil Sander Background
1989 Jil Sander Feeling Man
1997 Jil
1998 Jil Sander Sun Body Fragrance
2000 Jil Sander Sensations
2000 Sander for Men
2002 Jil Sander Sun
2003 Jil Sander Pure
2004 Jil Sander Pure
2004 Jil Sander Sport
2006 Jil Sander Sun Delight
2006 Jil Sander Style
2007 Stylessence
2008 Jil Sander Sport Water
2008 Jil Sander Sun Men Fresh 
2008 Pure Intense
2008 Style Summer
2008 Style Pastels Blush Pink
2008 Style Pastels Soft Yellow
2008 Style Pastels Tender Green

n-4-jil-sander_004Anúncio do perfume Jil Sander Nº 4 (1990) da Jil Sander ©Reprodução

Por Vítor Henrique

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes