Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Conheça os maquiadores oficiais das marcas brasileiras de maquiagem

Você chega nas lojas e encontra aquelas maquiagens lindas, em coleções magníficas, com a escolha perfeita dos tons e texturas Mais »

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

HAIR BRASIL chega a 16ª edição apresentando novidades de 900 marcas expositoras e com 200 eventos educacionais

A 16ª edição da HAIR BRASIL – Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética acontece de 21 a 24 de Mais »

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Diversidade cultural: Conheça as diferentes festas de carnaval do país

Estamos a pouquíssimo tempo de iniciar o carnaval (os mais adiantados já estão caindo na folia) e se tratando da Mais »

#Teste: Quem é você no Carnaval?

#Teste: Quem é você no Carnaval?

Chegando o carnaval, e os preparativos parecem infinitos. Entre os mais imprescindíveis, paira a dúvida: qual fantasia tem mais a Mais »

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Fantasia de Carnaval: Faça Você Mesmo

Estamos há uma semana do feriado mais alegre do ano! E pra você que cansou de comprar fantasia e quer Mais »

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Confira uma lista com 11 itens indispensáveis para o carnaval

Esse ano a nossa equipe resolveu caprichar nas dicas para a galera aproveitar o carnaval cheio de estilo. E como Mais »

Funcionária processa Prada por humilhação

aiu_yusheng_11cx

aiu_yusheng_11cx

Rina Bovrisse graduou-se na Parsons School of Design e por anos trabalhou em lojas Chanel e Prada, em Nova York, até que foi promovida a um cargo de gerencia e fez suas malas rumo ao Japão, em 2009. Mal sabia que seus problemas só estavam começando.

Pouco depois de assumir o cargo, Rina foi chamada pelo RH da loja e ficou indignada ao ouvir que teria que mudar sua aparência, que estava acima do peso e que a equipe de recursos humanos tinha vergonha de sua feiura e não iria ter coragem de apresentá-la a grandes representantes da marca no exterior.

Preconceitos como o de Rina precipitaram a demissão das quinze melhores vendedoras da Prada no Japão, porque de acordo com a fonte, tais mulheres não carregavam o “olhar e a essência Prada”.

Bovrisse e duas colegas entraram com um processo no Tokyo District Court e perderam. O sistema judicial japonês determinou o comportamento da grife justo, visando que teriam de manter sua imagem. A história não para por aí. Recentemente a grife entrou com um processo contrário, ao alegar que Rina teria sujado o nome e imagem da Prada. A grife seria indenizada com 780,000 dólares.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Powered by WordPress | Thanks to YouTube to Mp3 Converter, free photo editor and WordPress 3.8 Themes